quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

O "carismático líder"


Há tempos veio às boas. Abandonou os ímpetos revolucionários, deixou de patrocinar o terrorismo contra o Ocidente e, assustado com o que aconteceu ao Iraque, renunciou aos programas de armas de destruição massiva que nos últimos anos estão para os ditadores como os camelos para os xeques árabes: quantos mais, maior o prestígio.

E neste processo de conversão, deu aos serviços de informações de alguns países ocidentais dados úteis e reveladores sobre as redes terroristas da extrema- esquerda que em tempos tinha financiado com os seus petrodólares.

Os líderes europeus fizeram fila para perdoar ao “carismático líder(palavras babadas do Engº (?) Sócrates) da “Jamahiria Socialista” os disparates e crimes em que foi pródigo anos a fio, em nome da “diplomacia económica” como o Engº (?) Sócrates chamou aos beijos e abraços com que brindou o seu camarada socialista, agora candidato a mártir, autorizado até a armar a barraca no Forte de São Julião.

Os ingleses foram ainda mais longe. O também socialista Tony Blair foi à tenda do camarada, prestar vassalagem, ofuscado pelos negócios em torno dos hidrocarbonetos que Alá meteu debaixo do rabo do “carismático líder”. No bolso levava um espantoso golpe de rins da justiça escocesa que permitiu libertar o terrorista que, a mando de Kadafi, tinha feito explodir um avião de PanAm, sobre Lockerbie, matando 259 pessoas.

De um modo geral, toda a Europa se abriu ao terrorista arrependido que, feliz de vida, viajou pelo velho continente, com as suas tendas, a sua roupa de bobo, a sua retórica amalucada e as suas amazonas vestidas de azul. Não que os dirigentes ocidentais o tivessem em muita consideração (excepto o Engº(?) Sócrates, que tem olho para o carisma dos líderes, basta ver a paixão com que tem andado aos apalpões a outros cromos do género, como o camarada Chavez, por exemplo. E o camarada Zapatero, já agora, também grande admirador do “carismático líder”), mas os negócios obrigam.

Num apogeu de irracionalidade, a Líbia foi eleita com quase 100% dos votos, para o Conselho dos Direitos Humanos da ONU. A favor votaram todos aqueles que hoje assobiam para o lado e as ONG de referência fizeram de conta que nada de anormal se tinha passado. E não tinha, de facto, já que este Conselho conta com países como Cuba, Irão, etc, e basicamente o seu trabalho é patrocinar votações e condenações a Israel.

O problema é que burro velho não aprende línguas e aí temos o “carismático líder” em todo o seu carisma: a bombardear civis com aviões de combate, a mandar sabotar instalações petrolíferas, a disparar as peças dos carros de combate contra tudo o que mexa.

Conta sobretudo com mercenários, já que a organização política assenta sobre a base tribal e já não pode confiar na lealdade dos seus soldados, mais afeitos à identidade tribal do que ao “carisma “ do líder.

O filho, há tempos pretexto para uma declaração de guerra à Suíça, educado na Europa e patrocinador da London School of Economics, mostra que herdou os genes do pai e numa mensagem televisiva, explicou claramente que eram eles ou o caos, ameaçando com rios de sangue e guerra até à última bala. Ora balas é o que não falta na Líbia, onde há mais armas por metro quadrado do que habitantes.

Sócrates, caro Engº(?), o que se lhe oferece dizer?

6 comentários:

Joaquim Simões disse...

http://aperoladanet.blogspot.com/2011/02/leia-se.html

RioD'oiro disse...

http://cachimbodemagritte.blogspot.com/2011/02/surpresas.html

Streetwarrior disse...

epaáááá...sou obrigado a bater palmas ao Lidador.
Quem diria eihn!

Carmo da Rosa disse...

O-Lidador disse: ” Os líderes europeus fizeram fila para perdoar ao “carismático líder”…”

Mas fizeram-no em nome da economia, por isso, também estão perdoados…

A London School of Economics diz que já gastou 300 mil euros dos 1,5 milhão que recebeu como oferta da Espada do Islão, mas dizem que vão devolver o resto! Parvos…

RioD'oiro disse...

Mais um:

http://blasfemias.net/2011/02/24/sera-possivel-2/

.

RioD'oiro disse...

... e outro (mais tangencial):

http://cachimbodemagritte.blogspot.com/2011/02/ligacoes-perigosas.html

.