sexta-feira, 15 de abril de 2011

Astronomia

A maldição de Saturno
"Portugal vive hoje os dias do fim do chamado socialismo democrático. Ou seja dessa espécie de compromisso entre as liberdades dos cidadãos e um Estado que se vê como um grande cobrador de impostos e distribuidor da riqueza."

"Tudo e todos presos a essa cadeia de repartição de serviços e bens a que doutro modo, segundo o socialismo vigente, os portugueses não teriam acesso."
No blog (ir)responsáveis (revisto):
"Em termos simplistas, poderemos concluir que os objectivos (ideológicos) socialistas de distribuição equitativa da riqueza, ao nível local e regional, nos países desenvolvidos, revelam-se insustentáveis, perante um processo que assegurará esses mesmos objectivos, à escala global.

Neste processo, e porque o planeta não cresce, haverá, forçosamente, um win-lose final em que a estabilidade acontecerá bem abaixo do actual nível de vida nos países desenvolvidos e algo acima daquele que actualmente a população média nos países em desenvolvimento usufrui."

A esquerda combateu a pobreza e a pobreza ganhou.

.

1 comentário:

Gonçalo disse...

Texto revisto:

Em termos simplistas, poderemos concluir que os objectivos (ideológicos) socialistas de distribuição equitativa da riqueza, ao nível local e regional, nos países desenvolvidos, revelam-se insustentáveis, perante um processo que assegurará esses mesmos objectivos, à escala global.

Neste processo, e porque o planeta não cresce, haverá, forçosamente, um win-lose final em que a estabilidade acontecerá bem abaixo do actual nível de vida nos países desenvolvidos e algo acima daquele que actualmente a população média nos países em desenvolvimento usufrui.

Agradeço a colaboração.