terça-feira, 24 de maio de 2011

As vassouras que se cuidem ...

Os ratos começam a ficar nervosos, como o estão, na suas múltiplas e abrantinas metamorfoses, os comentadores que a curta distância tentavam minorar o efeito da malta que cortava a direito.

Os primeiros, se tudo correr bem, cairão. Se os novos donos da bola a não furarem, haverá agonia dos mais cretinos e uma auto-tentativa de conversão dos mais táctico-cretinos.

Mais cretinos ou mais táctico-cretinos, são malta perigosa. Pertencem à raça dos bufos que tanto alinham pela PIDE quanto pela KGB.Vão na onda, sempre dispostos a facturar ao 'man' ao ritmo a que debitam 'yes'.

Sem comentários: