sexta-feira, 6 de maio de 2011

Sócrates o despovoador

Não se pense que o socretino e querido líder vai desarmar. A próxima missão que ele se vai auto-atribuir será a de tentar continuar a torrar dinheiro e a endividar Portugal nas barbas do FMI, furibunda coisa neo-liberal com quem ele até há pouco jurava, a pés juntos, nunca vir a governar. Para se manter à tona ele diz agora que sim a tudo. Não tarda muito tentará torpedear tudo e todos.

As velhas tácticas marxistas-leninistas estão em actividade. Recuar para, nas cinzas do capitalismo, reagrupar e prosseguir rumo ao esplendoroso socialismo. Espero que os couraçados da FMI lhe venham a assentar um par de bazookadas de 500mm.

Entretanto, é muito provável que a militância do partido do estado venha  a votar massivamente nele.


António Nogueira Leite

Sem comentários: