domingo, 5 de junho de 2011

Passos Coelho

(Quem trata da iluminação dos cenários de PPC? Deixem-se de iluminar à 'moderna', chamem alguém que perceba da coisa - iluminar lateralmente é um disparate, falta luz frontal e de recorte. Tirem as gelatinas 'cor de pele'. Branco é branco.)

Diz:
Precisamos paciência.

Não me caberá a mim mascarar a realidade. Transparência total, trabalho absoluto.

Não descansaremos enquanto não pusermos Portugal a crescer. É a única forma verdadeira e duradoura de cuidar do estado social.

Não vemos razão para alimentar qualquer triunfalismo.

Perguntas de jornalistas:
Falarei com o CDS sobre a formação do governo de maioria absoluta.
...

Discurso sem espinhas ou pelo contrário.

Sem comentários: