quarta-feira, 6 de julho de 2011

Esse esqueleto não é meu XIV

Um país cada vez mais inseguro
A criminalidade violenta aumenta e espalha-se já de forma indiscriminada pelas diferentes regiões do distrito de Lisboa, alerta a procuradora-geral distrital de Lisboa, Francisca Van Dunen.

(…)

Também o presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT), José Manuel Anes manifestou-se, no mês passado, preocupado com “a espectacularidade dos assaltos” registados nos últimos tempos, cada vez mais “violentos, graves e com tácticas assustadoras”.

Sem comentários: