segunda-feira, 4 de julho de 2011

Os verdalhos estão afinal ...

... ao serviço do lobby do nuclear.

Entretanto, "climate change will possibly, maybe, could,", e parece que o ruído verdalho é também, afinal, ruído. O argumento que parecia permitir inferizar irremediavelente a vida a alguém era este:
Invoca – e nessa parte bem – a Requerida, a importância estratégica das energias renováveis e, em particular da energia eólica, não apenas para o País (relevância económica e política – maxime, a diminuição da nossa dependência energética face ao exterior, a protecção e desenvolvimento da indústria nacional, e o incentivo à capacidade criativa e inventiva dos portugueses) ou para todos os membros da Comunidade nacional, mas para a Humanidade inteira. 
.

Sem comentários: