domingo, 17 de julho de 2011

Parece uma guerra de cartéis ou a retaliação de um que foi beliscado

Por se ter tornado numa história que se arrasta, a abortada nomeação de Bernardo Bairrão configura uma sarrafusca de ajuste de contas.

A insistência de Bairrão parece-se ou com uma retaliação à sombra de um limpar de nome ou a com uma vã tentativa de o limpar face a numa torrente de lama que lhe é atirada como castigo.

O assunto já há muito devia ter morrido.

1 comentário:

Carmo da Rosa disse...

Mas quem é ou onde joga o Bernardo Bairrão?