terça-feira, 6 de setembro de 2011

Alguém sabe do candeeiro a petróleo?

A Alemanha, que gosta de brincar ao liga-desliga, decidiu pressionar ao extremo a estabilidade da rede de distribuição de energia correndo o risco de se encontrar perante um apagão de consequências difíceis de prever mas que facilmente causarão consideráveis prejuízos e a morte de número significativo de pessoas.

Esta pressão sobre a rede resulta do desligar de reactores nucleares próprios deixando a Alemanha sem possibilidade de exportar energia tornando-a principalmente importadora. Uma boa parte da energia que importa é de origem ... nuclear.

A Alemanha propõe-se ainda colmatar a previsível escassez de energia gerando-a a partir de combustíveis fósseis. A Alemanha, que gosta de impor metas "conservacionistas" e "amigas" do ambiente por via da mitigação do CO2 (disparate completo) fura aquilo que impõe aos outros países emitindo mais CO2 (naturalmente).

Sem comentários: