sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Mais uma excelente medida

Nuno Crato cumpre: as 5 direções regionais de educação vão ser extintas

Conviria lembrar a Nuno Crato que depois de reciclar toda (também a que ainda falta, que é muita) a tralha burocrática e burrocrática socialista, seria bom dar a machadada final à militância na burrice generalizada fechando o Ministério da "Educação" e abrindo o Ministério do Ensino.

Já vai sendo tempo de se recomeçar a ensinar ... se a generalidade dos professores mais velhos ainda se conseguirem recordar do que isso é e se os mais novos tiveram, alguma vez, ouvido falar sobre o assunto.

9 comentários:

prof ramiro marques disse...

Obrigado pela referência. Uma das melhores notícias dos últimos meses. Aplaudo também a transmutação do MEC em ministério do ensino ou da instrução. Pequenino.

EcoTretas disse...

Ele é o melhor Ministro do Governo.
Contra outras nódoas como a Cristas.
Vai ser curioso comparar a entrevista dele amanhã à Única, com a que deu a Cristas, e que ficou célebre pela foto da enxada mal encabada:

http://ecotretas.blogspot.com/2011/07/enxada-mal-encabada.html

RioD'oiro disse...

Não é uma enxada mal encabada. É uma enxada para dois: um em cada ponta, puxa empurra :)

... quem lhe desse com um gato morto na cara até o gato miar.

Eduardo F. disse...

Por alguma razão ele já se chamou de Ministério da Instrução. Não devia ter mudado e nome.

RioD'oiro disse...

EF:
"Por alguma razão ele já se chamou de Ministério da Instrução."

Essa é boa. Não sabia. E se calhar foi no meu tempo de escola.

Rantanplan disse...

Aqui pode-se malhar na esquerda?

RioD'oiro disse...

Rantanplan disse...
"Aqui pode-se malhar na esquerda?"

Na esquerda, na direita e no centro. Malhe à vontade.

Eduardo F. disse...

RioD'oiro,

A designação de Ministério da Instrução foi usada entrecortadamente, sendo que em 1933 Salazar baptizou a coisa de "Ministério da Educação Nacional".

RioD'oiro disse...

Eduardo,

Pois eu não sabia. Foi uma má ideia Salazar ter-lhe atribuído um nome tão pomposo. Os zenitais socialismoa tomaram o freio nos dentes e convenceram-se que era mesmo a sério, que o estado é que educava e que as famílias não se deviam meter no assunto. Agora, infelizmente, na generalidade dos casos é mesmo verdade.