domingo, 2 de outubro de 2011

O monstro

No período em que Climategate estava fresquinho, escrevi um post que enquadra bastante bem a saga do aquecimento global (entretanto voluntariamente travestido em alterações climáticas porque os bispos do alarmismo sabem bem que não há aquecimento provocado pela actividade humana).

O artigo é este.

É interessante que se comece por um olhar geral relativamente ao passado das temperaturas da atmosfera terrestre começando por aquilo que se entende por efeito de estufa. O efeito de estufa existe mas por si, neste caso, nada significa.

::::::::

Um curioso incidente que ilustra o ambiente sensório que rodeia toda a discordância face à religião do aquecimento global ocorreu ontem. Michael Mann respondeu a uma crítica que tinha sido publicada, mas que, entretanto, desapareceu.

Sem comentários: