domingo, 15 de abril de 2012

Canavilhas rejubila de fé torrando dinheiro alheio


Gabriela Canavilhas num puro exercício de paganismo. Com um sorriso cínico diz as todas as barbaridades que o neo-socialismo sistematicamente repete.

É o investimento 'radioso' confundindo valorização de pessoas com valorização de infra-estruturas.

Faz lembrar a fé das pessoas extremamente devotas que, passando fome, trabalham que nem loucas para comprar ouro e ofertar à Igreja. Canavilhas rejubila fé torrando dinheiro alheio.

Há até quem diga que o despesismo é afrodisíaco.

Sem comentários: