segunda-feira, 25 de junho de 2012

Descubra as diferenças



(imagem obtida aqui)


A notícia foi dada assim:

"200.000 portugueses vivem a mais de uma hora de um hospital".

Mas, feitas as contas, poderia ter sido dada assim:

"98% da população portuguesa vive a menos de uma hora de um hospital, apenas 2% vive mais longe.".

Para ver as soluções não precisa de virar o computador ao contrário.

8 comentários:

FA disse...

Vejamos então.

"1 cidadão foi assassinado hoje durante um assalto à mão armada."

Segundo a sua "lógica" não deveria ser: "9.999.999 cidadãos não foram assassinados hoje à mão armada."?

RioD'oiro disse...

"Segundo a sua "lógica" não deveria ser: "9.999.999 cidadãos não foram assassinados hoje à mão armada."?"

Não foram assassinados mas foram assaltados?

Se não foram assaltados estão fora do universo.

No caso dos hospitais seria como dizer que dois mil milhões de chineses estão a mais de uma hora de distância de um hospital português.

FA disse...

lol,

você enterrou-se e sabe-o.

O que é notícia é o caso da minoria e não da maioria.

O que é notícia é que 1 em cada 5 pessoas sofre de depressão, por exemplo, e não que 4 em cada 5 pessoas vive alegremente e pacatamente sem sinais de depressão.

O que é notícia é que 200 mil pessoas estão longe em distância e tempo de um hospital.

Vale tío?

RioD'oiro disse...

FA:

"O que é notícia é o caso da minoria e não da maioria."

E daí? Se 98% ficasse a mais de 1 hora seria melhor?

"O que é notícia é que 1 em cada 5 pessoas sofre de depressão, por exemplo, e não que 4 em cada 5 pessoas vive alegremente e pacatamente sem sinais de depressão."

Falso. A notícia não fala em quantos por cada quantos.

"O que é notícia é que 200 mil pessoas estão longe em distância e tempo de um hospital."

Sim. 2% da população. E daí?

É tão bom quanto morrer uma pessoa assassinada por ano.

FA disse...

"Falso. A notícia não fala em quantos por cada quantos."

"É tão bom quanto morrer uma pessoa assassinada por ano."

Não tenho comentários.

José Gonsalo disse...

FA:

"Segundo a sua "lógica" não deveria ser: "9.999.999 cidadãos não foram assassinados hoje à mão armada."?

Sim, se isso respeitasse à insegurança existente num país.

José Gonsalo disse...

FA:

Já agora:

"O que é notícia é que 1 em cada 5 pessoas sofre de depressão, por exemplo, e não que 4 em cada 5 pessoas vive alegremente e pacatamente sem sinais de depressão."

É o seu ponto de vista, não o meu.

RioD'oiro disse...

FA:

"O que é notícia é que 1 em cada 5 pessoas sofre de depressão, por exemplo, e não que 4 em cada 5 pessoas vive alegremente e pacatamente sem sinais de depressão."

Isso significaria 20% de problema, 10x mais que o caso inicial.

"Não tenho comentários."

Então já não tinha, de início.