segunda-feira, 18 de junho de 2012

Foi pena!

Foi pena o Syriza, o Bloco de Esquerda grego, não ter ganho as eleições.
Com os neocomunistas no governo, ficaria clara a natureza da banha da cobra. Seria muito mau para os gregos, claro, mas excelente para nós e para outros países onde os vendedores de amanhãs cantantes ganham o pódio.
Seria uma excelente vacina.
Infelizmente o Syriza perdeu.
E foi o melhor que podia ter acontecido tanto ao Syriza, como ao nosso BE.
Assim podem ficar no terreno que conhecem, a berrar os slogans do contra.
E a capitalizar o descontentamento que um dia, nos seus sonhos húmidos, os possa levar à divinizada Revolução.
Na Grécia, a esquerda responsável está reduzida a cacos. Por cá o PS ainda abafa o BE, o que permite manter alguma governabilidade, mas o exemplo grego obriga os socialistas a radicalizar o discurso, para não alienarem os tontos que constituem esta crescente legião de brutos alfabetizados, que o sistema educativo excreta cá para fora, com a cabeça devidamente imbecilizada por uma doentia ideologia de esquerda.

2 comentários:

LGF Lizard disse...

Era bom para nós que o SYRIZA tivesse ganho as eleições, mas desconfio que, para os gregos, tal seria um desastre.

Mas seria muito engraçado ver a malta do BE da Grécia a tentar pagar aos funcionários públicos, reformados, militares e subscritores da dívida grega com dracmas. Dracmas esses que não valeriam o papel onde estariam impressos.

Bem, também não deixa de ser muito esclarecedor que, na pior crise económica desde 1929, o partido comunista da Grécia (KKE) perca metade do eleitorado. Os trabalhadores nada querem com o tal "partido dos trabalhadores".

Jose Carmo disse...

"Era bom para nós que o SYRIZA tivesse ganho as eleições, mas desconfio que, para os gregos, tal seria um desastre."

Seria uma vacina....