domingo, 17 de junho de 2012

Ponto Final

De há uns tempos a esta parte o nosso colaborador Carmo da Rosa estava numa deriva inaceitável.
Dedicava-se insistentemente a atacar os seus próprios camaradas de blogue, com linguagem baixa, chocarreira e pesporrente, como se as suas opiniões estivessem no cume da modernidade e do progresso.
É verdade que as opiniões do Carmo da Rosa sempre foram superficiais, sustentadas em ideias feitas, slogans da moda e bacocos politicamente correctos mas, uma vez que ele as enfeitava com um certo humor de taberna, alguns dos seus textos eram engraçados, daquela graça que se associa ao humor brejeiro, estilo "o bacalhau quer alho". À primeira a gente ri, à segunda sorri, à terceira esboça um sorriso amarelo, à quarta um esgar, à quinta encolhe os ombros e depois farta-se.

Tornou-se impossível argumentar com ele e os remoques chocarreiros atingiram um  nivel insustentável.
A limpeza era absolutamente indispensável, não podemos, se queremos manter isto  com um patamar mínimo de decência, permitir o arrastamento da situação.

Adeus Carmo da Rosa.
Obrigado por alguns dos seus postes iniciais, envergonhe-se da sua recta final.
Aos nossos leitores, pedimos desculpa por isto se ter arrastado tanto tempo.
Prometemos, a partir de agora, manter padrões mínimos de decência e ser implacáveis com trolls, insultos e chocarreirices.
As pessoas superiores discutem ideias, as médias discutem factos, os medíocres discutem pessoas.

Sem comentários: