quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Genesis - The Lamb Lies Down On Broadway

No fim dos anos 60 e anos 70, o rock evoluía para algo mais rebuscado, trabalhado, rico, sofisticado, apelidado de rock progressivo, sinfónico, etc*. Este The Lamb Lies Down On Broadway, como Selling England By The Pound e em boa parte, A Trick Of The Tail, a par, na mesma época, de alguns albuns dos Pink Floyd e Jethro Tull  foram, para mim, o pináculo dessa época. Os Emerson, Lake & Palmer e The Doors fizeram também obra, mas mas menos consistente. Os Yes, afirmam muitos, terão tido um papel igualmente importante mas eu ainda não consegui digerir esse assunto. De qualquer forma, o assunto por ali ficou sendo o panorama, desde aí, mais ou menos desolador.

Este género caracterizava-se por (traduzido da Wikipedia):
  • Alterações abruptas de tipo de compasso e acorde
  • Compassos assimétricos como 5/8 e 7/8
  • Ritmos muito complicados
  • Letras de temas recorrendo à fantasia e ficção científica
  • Albuns (discos completos) constituídos por uma secessão de trechos intrincadamente ligados
  • Instrumentos musicais pouco habituais
  • Canções organizadas fugindo ao típico arranjo verso-refrão-verso-ligação-refrão
  • Melodias inspiradas na complexidade da música clássica, jazz e tradições não ocidentais
  • Utilização de sintetizadores (antigos), efeitos de som e outras 'novidades'

Sobre a Obra


Album


Todos os albuns estão disponíveis, no Youtube e na sua forma integral (use a opção "Long (20~ minutes)".

*Houve e há, como nestes é de esperar, discussão à volta do mais apropriado nome de género a aplicar a cada caso. Os género dos Pink Floyd tendia, por exemplo, a ser considerado "psicadélico".

Sem comentários: