terça-feira, 18 de setembro de 2012

A ter em conta

No Blasfémias:
a) Constrói-se o TGV
b) Arrisca-se o pagamento da indemnização
c) Rasga-se o contrato, grita-se  “Fim à austeridade. Queremos as nossas vidas” e depois espera-se para ver o que acontece
Estávamos no tempo em que a esquerda, toda inteirinha, desprezava quem se preocupava com as rendas. Hoje, os mesmos zotes, reclamam que o governo não é capaz de desfazer a trampa que ele fizeram e blindaram.

Sem comentários: