quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Plasma

A comunicação social do bloco de esquerda e os trolls adjacentes estão em plasma. Acabaram de "descobrir" que Franquelim Alves se licenciou aos 16 anos e que foi trabalhar com essa idade para a Ernst & Young. "Descobriram" também que nessa altura não havia Ernst & Young.

Para estes descobridores escapa-lhes o facto de ser ligeiramente complicado ter um canudo aos 16 anos e que, de facto, foi aos 26. Escapa-lhes também a possibilidade de a referência à
Ernst & Young estar relacionada não com a presente configuração mas com uma sua precursora configuração.

Diz o curriculo de Fraquelim Alves:
Economista e governante português, Franquelim Garcia Alves nasceu em 1954.
Em 1979, licenciou-se em Economia pelo Instituto Superior de Economia da Universidade Técnica de Lisboa. Dois anos depois, tornou-se no associado responsável pela área de Management Consulting Services da empresa Ernst & Young Portugal.

2 comentários:

Paulo Porto disse...

Estimado,

Est FranKlim é politicamente inomeável, ponto.

Quantos 16 anos e aa E&Y, claro, é folKlore.

RioD'oiro disse...

"Est FranKlim é politicamente inomeável, ponto."

Parece que sim, mas o respectivo ministro passou de apagado, cinzentão, incompetente, desconhecido, etc, a responsável.

Entretanto permitiu arrear cachaporrada na esquerdalha até criar bicho. Já tive que substituir o cabo da marreta.

Com Paulo Macedo no tempo de Ferreira Leite foi a mesma coisa.