terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Seguro-o-vendilhão

Seguro, especialista em "almofadas", declara que Portugal deve ser governado por Bruxelas. Não explica se a Assembleia da República é para fechar.


2 comentários:

Joaquim Simões disse...

E ninguém nota as contradições nos discursos, mesmo quando elas quase nos arrancam os olhos e as orelhas!
Uma nojeira, este homem, este partido!

Joaquim Simões disse...

E ninguém nota as contradições nos discursos, mesmo quando elas quase nos arrancam os olhos e as orelhas!
Uma nojeira, este homem, este partido!