domingo, 27 de outubro de 2013

Mastúrbios, "sinal positivo"

E.... ninguém lhes dá com um gato morto nas trombas até o gato miar?

Repare-se como os "lutadores" encaram a coisa:

Manifestação por convite:

"dos 1.643 convites enviados, apenas 49 confirmaram a sua participação"

Caso não "lutem", há que prestar contas:

"mas com uma explicação das razões por que ficaram indiferentes"

Os "lutadores" não explicam se a vigarice está incluída no meu:

"associando-lhe intervenções de várias artes"

De lamentar não se poder ter exercido o direito de apedrejar os símbolos do capitalismo:

"não seria um mero desfile. As pessoas participariam, mas ao longo do percurso haveria diversas manifestações culturais"

Parece que até entre os "esclarecidos" há trolls:

"nem mesmo a camada intelectual da cidade respondeu"

1 comentário:

ora viva disse...

Como só a verdade é revolucionária, se não são revolucionários, não são intelectuais, porque os intelectuais estão cá é para anunciar a verdade: são burros, porque só os burros é que não são revolucionários.
A gente é que é revolucionários, por isso a gente é que não é burra. Por isso, a gente é que conhece a verdade.
Se o mundo fosse como a gente... eh pá!, tinha uma ganda classe...!