terça-feira, 15 de julho de 2014

O BES e as renováveis

Está a passar em branco, na imprensa nacional, que a encrenca que o BES atravessa deriva de negócios da família Espirito Santo, no Brasil, no campo das renováveis. Meteram-se com marxistas e em renováveis. Bastava um para irem à falência. Isto tresanda a tráfico de influências, financiamento partidário, marxismo internacional, tentativa de entre-cruzamento com o estado por troca de favores, as habituais habilidades do socialismo fascista.

Esperemos que as comadres se zanguem mesmo.

1 comentário:

José Gonsalo disse...

E porque será que está a passar em branco...?