domingo, 10 de agosto de 2014

Islão em apertos e em autofagia

Na "Palestina" como pelo resto do Médio Oriente onde há pancadaria, está apenas uma coisa em jogo: abater todo o que não segue o Islão. Israel é apenas o alvo que está presente por não ser possível atacarem longe dali. Em África, onde os poderes são fracos, o Islão ataca com o resultado que se conhece.

Não há "causa palestiniana" a não ser na cabeça de tótós. O Hamas está-se nas tintas para os palestinianos porque para eles tudo é carne para canhão ... desde que abatam o infiel e, o infiel, é todo aquele que não segue à risca os preceitos do Islão.

Todo e qualquer muçulmano que se afaste do islamismo radical é equiparado a cães e sofre o mesmo tratamento que os cães.

Entretanto, o Médio Oriente já não é fonte determinante de hidrocarbonetos porque fora dali foram descobertas gigantescas quantidades de reservas um pouco por toda a parte, ao ponto de haver hoje reservas para 500 anos. Já não podendo manipular o preço do petróleo, não há entrada suficiente de dinheiro para alimentar sociedades que se habituaram a viver, directa ou indirectamente, dos proventos da exploração (alheia porque não lhes passa pela cabeça trabalhar). Estão agora no terreno múltiplas guerras, guerrilhas e escaramuças em que cada grupo mata indiscriminadamente para conseguir deitar a mão ao dinheiro que ainda vai entrando.

Depois há os imbecis que debitam as catilinárias esquerdalhas e anti-semitas sem qualquer ligação à realidade. Uns são apenas estúpidos, outros idiotas úteis, outros vigaristas.

...

Continuo com a forte impressão que o ocidente intervém no Médio Oriente apenas para restabelecer o equilíbrio das forças em conflito de forma a perpetuar as múltiplas guerras que, entre muçulmanos, vão estalando por toda a parte.

Na Faixa de Gaza o ódio ao não muçulmano é corporizado agredindo a única sociedade livre, democrática, ocidental, multi-religiosa que por aquelas paragens existe: Israel.

4 comentários:

EJSantos disse...

Segundo a malta da esquerda. "está tudo bem; não se passa nada".

I. B. disse...

Raras vezes tenho lido algo tão lúcido, completo, conciso e bem escrito como este post.

I.B.

. disse...

Os muçulmanos julgavam que eram os superiores mas agora já foi revelado o super hiper ultra e supra-islam. Onde as pessoas testemunham o mesmo, mais, melhor e a verdade.
No islam, maomé disse que o seu coiso(allah maometano), enganava e infundia terror.
E os islâmicos fartam-se de dizer que esse coiso é grande e o maior, logo o maior enganador e terrorista.
Como se vê por esta e outras verdades, um supra muçulmano estuda mais, melhor e chega às verdades.
O supra-islam, é das armas de palavra mais eficazes para desmascarar e derrotar os enganados, alienados, drogados, gananciosos e criminosos islâmicos.
E o supra-islam foi primeiramente revelado no idioma da terra da luz, Lusitânia.
Se gritam que Allah é Grande, então devem aceitar que Allah, O verdadeiro(O Divino das verdades) e porreiro(o da vida), o antes de maomé, fora do islam e depois de maomé, também tenha o super, hiper ultra e supra-islam.

. disse...

Allah, O verdadeiro, é mesmo grande!!!
Tentar explicar de forma simples.
Um super muçulmano testemunha que:
allah existe, é a fonte inspiradora do mal.
maomé foi o seu mensageiro, carniceiro, trapaceiro, interesseiro, etc...
Logo um super muçulmano testemunha o mesmo que um muçulmano, testemunha mais, testemunha melhor , podem ter testemunhos infinitos,
e testemunha a verdade.
Lembrar que um muçulmano testemunha que:
allah existe
e que maomé foi o seu mensageiro.
Como se vê, isso é só uma parte daquilo que um super muçulmano testemunha.
Assim os muçulmanos já não podem chamar infiéis e descrentes aos outros, pois os outros, os não muçulmanos, podem dizer que são
super hiper ultra e supra-muçulmanos. Por testemunharem mais, melhor e a verdade.
Como as pessoas ainda não estão familiarizadas e informadas sobre o super-islam, sempre podem alegar que são estudantes do
super hiper ultra e supra-islam.
Assim as bestas dos muçulmanos já não têm argumentos teológicos ou outros para lhes fazerem mal, porque usando a frase que
muito dizem"allahu akbar", allah é grande é o maior, então têm que aceitar que Allah também tenha mais do que o islam, também tenha
o super hiper ultra e supra islam.
Se allah é grande, é grande mesmo.
Claro que um super muçulmano sabe quando allah é allah, a suprema divindade, ou é outra coisa, porque em verdade, O Grande Divino ou
mundo espiritual das boas ideias, só é grande fora do islam.
Há nestas andanças uma importante descoberta teológica:
A de que há mundo espirituais diferentes.
No islam, as coisas são como são, enganadoras, desgraçadoras, infernais, etc...
Mas o divino, a natureza ou seja lá o que for, deu-nos a capacidade de ir a cada um desses mundos e neles dizer as verdades verdadeiras
que desmascaram e põem a nu as falsidades, mentiras enganos e crimes do islam e seus seguidores.
E nada melhor para desmascarar o criminoso islam e seus seguidores, do que usar as próprias informações oficiais islâmicas para
afirmar com todo o fundamento que o islam é só enganos e crimes. maomé até disse literalmente que o seu allah era o maior enganador e terrorista.
Claro que se nota que esse maomé misturou algumas verdades e meias-verdades para mais habil e eficazmente enganar e desgraçar.

E baseado naquilo mesmo que os muçulmanos dizem, que allah é Deus, a suprema divindade, o divino verdadeiro, dá para dizer estas e outras verdades,
começando e acabando com a frase:
Allah, O verdadeiro, é mesmo grande!!!