quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Vigaristas: de fedor em fedor

Esta coisa do esquerdalho-indignácaro-vígaro primeiro ministro andar a marrar com o Governador do Bando de Portugal tem, para além da intenção de tentar silenciar quem revela a incompetência do presidente da geringonça, a mensagem à navegação de que se prepara para tratar à canelada quem não tiver papas na língua não o deixando martelar as contas do estado para delas retirar os virtuais dividendos que apenas os vigaristas conseguem ver.

O 44, quando chegou ao poder, e pelas mesmas razões, fez o mesmo com os juízes. Parecendo que estava realmente preocupado com o absentismo deles, estava a marcar terreno para conseguir implantar a corja de vigaristas que deixou Portugal na falência.

1 comentário:

l.g disse...

Para todos os que forem vigilantes / trabalhadores da vigilância privada, visitem este blog útil :

http://vigilanciapt.blogspot.com

Leis, contrato colectivo de trabalho, notícias, empresas de vigilância e dumping social, links úteis entre mais.
Visite e partilhe a sua experiência, denuncie uma situação, etc.

Abraço