sábado, 3 de dezembro de 2016

Ensino por esquedopatia para idiotas

A vigarice pedagógica referida no Profblogue é uma variante da criação em capoeiro de frangos para abate ou para reinar abatendo os restantes.

Os mesmos imbecis que rosnam contra a cozedura de caracóis vivos cometem o genocídio intelectual de milhões de jovens deixando-os, não só incapazes de perceber o mundo real, mas ainda amestrados para se relacionarem com o mundo que apenas existe onde oprimidos passam miséria, fome e morte. Por um lado inculcam-lhes a certeza de virem a ser os bestiais tiranos desse mundo enquanto, simultaneamente, os adestram em artes de ódio face ao capitalismo que lhes providencia os puffs onde crescerão com a racionalidade equivalente à das couves.

Numa primeira fase esta educação apenas gera hordas de palermas sempre prontos a votar em quem os "defende" na sua condição de idiotas de estufa.

A longo prazo, este cadinho não é mais que uma variante soft das madrassas cujos "educados", num caso como noutro, dispondo dos instrumentos do poder, tratarão como caracóis todos os que não concordarem com eles.


As recentes eleições nos EUA revelaram uma quantidade preocupante de estabelecimentos de "ensino" onde "professores" e alunos, face à derrota do projecto de governo mundial capitaneados pela internacional de esquerdopatas da qual faz parte o presente governo de Portugal, criaram um caldo de palermas do "progresso". Nesses estabelecimentos, justamente aqueles em que os pais dos promitentes idiotas pagam $50.000, $100.000 e mais por ano, houve que  providenciar salas de choro, salas de lego, salas de puffs, salas para colorir desenhos, etc, como forma de afogar em mimos o desapontamento de gente incapaz de se orientar face à vida.

Sem comentários: