quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Trump entala os esquedopatas Obama/Clinton conversando com o Presidente Nieto (México)

Parece que o Presidente Enrique Nieto, do México, percebeu que Trump é um amigo e Obama/Clinton são, para além de puros traidores, os Bonnie and Clyde aliados aos esquerdopatas terroristas, islamistas e marxistas, ambos globalistas.

Nunca é bom apaparicar ambientes altamente desestabilizadores nos países vizinhos.

Afinal também o México precisa do muro para evitar que os proventos da venda de droga nos EUA sirvam para financiar os movimentos "revolucionários" marxistas dos kamaradas do PCP, as FARC, e sua equivalente kamaradagem no México.

IMPEACHMENT - JANAÍNA PASCHOAL ESCLARECE O QUE FOI OMITIDO E DETURPADO PELO PT - 2016.08.30


quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Hussein Obama, colaborador de tomadores de reféns

Obama, o Prémio Nobel da Paz, entrega ao regime terrorista do Irão, o equivalente a 400 milhões de dólares em notas de vários países excepto dólares, notas pequenas e sem em sequência, para resgate de reféns. Foram entregues por um avião dos EUA.


A esfarrapada desculpa de Obama-o-traidor inclui:
 - Dívida antiga (38 anos)
 - História antiga
 - Já toda a gente sabia
 - Nada de especial
 - Foi em dinheiro por não haver laços bancários

Entretanto:
 - O Irão reclama que os EUA de devem ainda mais 2 mil milhões de dólares
 - O Departamento de Justiça levantou objecções ao envio de dinheiro
 - O Congresso não foi informado
 - O director da CIA diz que a coisa é positiva porque precisamos promover o regime e estabilizar o dólar


Vejam o filme Wag the Dog.

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Fisco nas praias para caçar vendedores ambulantes

 

Há que retirar esses pestilentos vendedores "neo-liberais" da praia para que engrossem os protegidos do estado-social. Quantos mais lá estiverem pais "sucesso" terá o "projecto".

Agora, licenciar essa exploração a uma empresa grande, cheia de prateleiras douradas, a quem o contribuinte terá que pagar, via estado, para que vendam bolas de Berlim empregando "protegidos" do estado-social e possam, paralelamente, financiar "eventos artísticos" (com "artistas") e projectos de "protecção da natureza" e luta contra o "aquecimento global", ... isso assim está bem.

À EDP, por exemplo.