quinta-feira, 17 de julho de 2014

Cookies na "europa"

Os burros da "europa" resolveram inventar um problema chamado cookies.

Muitos sites usam cookies e as vacinas ou equivalente software são a única ferramenta capaz de avaliar a respectiva perigosidade, seja por agressividade aos sistemas seja por problemas de privacidade.

Mas os cretinos de Bruxelas resolveram inquietar-se e legislar sobre a obrigatoriedade de se ser avisado sobre a utilização de cookies.

Nada adianta saber-se que se usa ou deixa usar, tanto mais que se podem configurar todos os browsers para os aceitar ou não. Mas os cretinos inquietaram-se.

Está-se hoje a ser sistematicamente informado que cada site usa cookies perguntando se se concorda com a sua utilização e, naturalmente, ou a responder afirmativamente ou não ou a ignorar os avisos o que, para 99.999% das pessoas nada adianta. De qualquer forma, está-se constantemente a receber mensagens relativamente ao assunto.

Gente buuuuuuuurra. Quem me dera poder chapar um gato morto às trombas do imbecil que teve tal ideia, até que o gato miasse.

Sem comentários: