Teste

teste

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Declarações de José Sócrates ao Juiz de Instrução no Processo Marquês

"Então foi assim que tudo aconteceu:

Um dia fui jogar golfe e quando estava a escolher o taco, notei que havia uma rã perto de mim.

Para meu espanto a rã disse-me:

- Croc-croc! Taco de ferro, número nove!

Eu achei graça e resolvi provar que a rã estava errada.

Peguei no taco que ela sugeriu e bati na bola. Para minha surpresa a bola parou a um metro do buraco!

- Boa!! - gritei eu, virando-me para a rã - Se calhar és a minha rã da sorte!

E resolvi levá-la comigo até ao próximo buraco.

- O que é que achas, rã da sorte?

- Croc-croc! Taco de madeira, número três!

Peguei no taco 3 e bati. Bum! Directa ao buraco!

Dali em diante, acertei todas as tacadas e acabei por fazer a melhor pontuação da minha vida! Resolvi levar a rã para casa mas no caminho, ela voltou a falar:

- Croc-croc! Las Vegas !

Nem hesitei! Fui directo para o aeroporto, comprei um bilhete para Las Vegas e nem avisei ninguém!

Chegados a Las Vegas a rã disse:

- Croc-croc! Casino, roleta!

Evidentemente obedeci à rã que logo sugeriu:

- Croc-croc! 10 mil dólares, preto 21, três vezes seguidas.

Era uma loucura fazer aquela aposta, mas não hesitei.A rã já tinha ganho toda a credibilidade.

Coloquei todas as minhas fichas no 21 três vezes seguidas e ganhei milhões! Peguei naquela massa toda e fui para a recepção do hotel, onde exigi uma suite presidencial.

Tirei a rã do bolso, coloquei-a sobre os lençóis de cetim e disse:

- Rãzinha querida! Não sei como te pagar todos estes favores! Fizeste-me ganhar tanto dinheiro que vou ser-te grato para sempre!

E a rã:

- Croc-croc! Dê-me um beijo! Mas tem que ser na boca!

Tive um pouco de nojo, mas pensei em tudo o que ela me tinha dado e acabei por lhe dar o beijo na boca!

No momento em que a beijei, a rã transformou-se numa linda ninfa de 21 anos, completamente nua, sentada na minha cama que me foi empurrando, devagarinho, para a banheira de espuma. Mas não vou contar agora mais pormenores sobre esta parte...

E juro que foi assim que consegui toda a minha fortuna!”

Declarações de José Sócrates ao Juiz de Instrução no Processo Marquês.

OS BORRADOS DE MEDO

  OS BORRADOS DE MEDO (Tiago Tribolet de Abreu Médico especialista em medicina interna)   Vejo-os à minha volta. Todos os dias. A toda a hor...