sábado, 23 de janeiro de 2016

O queixume dos carteiristas

É o repetitivo  queixume dos carteiristas, cada vez que deixa de haver carteiras.

Os idiotas do costume, ou mentirosos profissionais, continuam a bater a tecla dos "neo-liberais" de cada vez que um socialismo, mais vigoroso ou de gang monárquico-absolutista de estilhaça, apesar de saberem que ele sistematicamente estoira apenas porque existe e logo que o dinheiro dos outros se acaba.

Boaventura Sousa Santos que vá lamber sabão.

Sem comentários: