quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Jornaleiros

Este programa é extraordinário. Demonstra que os jornalistas vivem no mundo da espuma, da treta, do soudbyte, incapazes de distinguir a virtualidade dos cenários que criam e dentro dos quais vivem, da própria realidade. Para eles, as coisas acontecem porque há um cenário que eles próprios montam e que o permite.



Que lhes interessa que a terra seja redonda se a negociação fica sempre bem?

2 comentários:

esseantonio disse...

Também os costumo apelidar de jornaleiros, mas lembro-me sempre dos verdadeiros jornaleiros que trabalhavam de sol a sol para receberem uma jorna para sustentar a família com enormes dificuldades. Que chamar então a esta rapaziada que, na maior parte dos casos tem salários e regalias principescas?...

RioD'oiro disse...

Boa pergunta.