segunda-feira, 23 de julho de 2012

Arafat vai ser exumado

É verdade. Os jordanos e egípcios palestinianos estão desconfiados que Arafat foi envenenado com polónio-210 (a mesma substância altamente radioativa que matou o antigo agente do FSB Alexander Litvinenko). Façam um favor. Aproveitem e façam um teste (se possível) para despistagem de SIDA. Dizem certas más-linguas que Arafat morreu de SIDA, pois tinha certos gostos nada compatíveis com um árabe adorador de Alá. Pois é, apanhar o sabonete é muito mal visto por aquelas bandas, mesmo que se seja um terrorista líder da organização terrorista resistência jordana e egípcia palestiniana. Sem dúvidas que Israel irá ser acusado e dado como "culpado" da morte de Arafat. Mesmo que divulgassem que o homem tinha morrido de SIDA e que gostava de abafar a palhinha, ainda diriam que os jovens com que ele tinha relações eram, na verdade, agentes encapotados da sinistra Mossad.....

1 comentário:

Lura do Grilo disse...

Não eram homens! Eram crianças: "sobrinhos" que o acompanhavam frequentemente.