quinta-feira, 7 de julho de 2011

Gaza Receives Thousands of Tons in Goods and Materials


7 comentários:

Julie D´aiglemont disse...

Mas porque é que ninguém fala nisto? E porque é que Israel continua a importar-se com os pobres terroristazinhos... errr... palestinianos, queria dizer, palestinianos.

Streetwarrior disse...

Caramba....tive mesmo a acreditar que o Spokeperson de Isis -Rá- El ia dizer o contrário.

Viram o gráfico dos bens a subir....subirrrrrr..subirrrrrrr até aos pés do Rei Salomão?
E repararam, como a Ajuda da Flotilla era Pequinina...pequeninnnnna.....pequeninnnnnnnna?

E como isto, toda esta apresentação tem efeitos de Mind Programing na cabeça dos radicais.....terroristas que adoptam sempre um dos lados? seja qual for?

ISRAEL ISRAEL...FREE FREE PALESTINA FREE FREE PALESTINA.... vá pessoal, escolham o vosso lado ...a guerra tem que ter adeptos para se justificar....Precisam-se voluntários para a guerras justas.

LOl...É mesmo tacanho Rio

RioD'oiro disse...

SW, se oa palestinianos fossem alimentados pelos "amigos" já estariam em tijolo há décadas.

LGF Lizard disse...

Gaza não recebe bens essenciais como armas, explosivos, munições e propaganda anti-semita.

Streetwarrior disse...

Gaza faz parte da mesma jogada capitalista que mantém a guerra para continuar a inovar armas e a vende-las.

Lizzard, acorda da Ilusão...eles jogam todos na mesma equipa.
Hoje subi mais umas fotos que o provam.

...e enquanto houver pessoas que escolham um dos lados (não interessa qual )eles, ficaram mais que satisfeitos.
Se de hoje para amanhã, a opinião " pubica " deixar de apoiar Israel e passar a apoiar a Palestina (o que nunca acontecerá )eles passam a financiar armas aos palestinianos.

Tal e qual como os Rothschild financiaram ambos os lados da guerra civil Americana, aqui, a história é a mesma.
...É sempre a mesma jogada, suportada pelos merdia

LGF Lizard disse...

O conflito israelo-palestiniano é apenas e só um conflito de civilizações (ocidental vs árabe), um conflito religioso (judaísmo vs islão) e um conflito étnico (judeus vs árabes).

E não, não jogam na mesma equipa. Aliás, mesmo os que jogam na mesma equipa dos palestinianos, odeiam-se de morte, como os sunitas e xiitas.

E enquanto os palestinianos não reconhecerem que perderam e que será preferível ter metade do território do que ter apenas o sonho de ter tudo, então não haverá paz.

RioD'oiro disse...

Uns quantos cretinos "pacifistas" queriam ir para Israel fazer banzé. Israel recusou-lhes autorização de entrada e os gajos foram para o aeroporto fazer banzé.