sábado, 29 de dezembro de 2012

Carvalho da Silva: o mago das falências fala do que "sabe"


"O que faliu foi a economia fictícia, não a dos países e dos povos"

Pois a economia fictícia foi aquela em que ele militou arduamente durante anos e anos. A economia em que as "lutas" encerraram a generalidade da indústria e a intervenção estatal torrou os proventos do trabalho de quem produz riqueza em "direitos sociais" de quem se foi aconchegando a eles.

Sem comentários: