quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Mac on Britain's treatment of terrorists



Ramiro Marques aqui:
A propósito da libertação do braço direito de Bin Laden no Reino Unido, o clérigo extremista Abu Qataba, que apesar de apelar ao assassinato dos ingleses não islâmicos, recebe do Estado 1000 libras mensais em subsídios, Bin Laden deve estar a pensar isto no Inferno: "se ao menos eu tivesse fugido para o Reino Unido seria libertado da prisão ao fim de pouco tempo e poderia viver o resto da vida de subsídios estatais."