segunda-feira, 17 de junho de 2013

Até no sindicalsmo a maldita e burguesa oferta e procura.

Segundo se diz, os professores não terão tempo para organizar uma luta em condições e acabam por se juntar a quem está organizado.

É uma teoria interessante. Os professores, a nata da sociedade, o grupo mais bem formado e informado, tem por calcanhar de Aquiles ser vítima do mercado sindical. O furibundo mercado "impõe" um sindicato estalinista como a melhor máquina de "luta".

Sem comentários: