domingo, 18 de março de 2012

Do mais significativo retracto de Portugal: o ensino

Ramiro Marques no ProfBlog:
[excerto]:
Esperar-se-ia que fossem os engenheiros a liderar o ensino dentro das empresas mas eles preferem manter uma barreira entre eles e a coisa concreta. Não gostam de sujar as mãos.
Comentário do leitor Rantanplan Sem Pieguices [no Facebook - não consigo determinar o link]:
Ainda ontem um meu ex-professor na universidade me dizia que todo o ensino precisa de ser refundado. Até já na universidade têm que passar alunos e levá-los ao colo. Têm que fazer relatórios quando existem percentagem de reprovação superior a 50%, mesmo que os alunos simplesmente não compareçam aos exames. Esta é a miséria em que chegou Portugal.
.

Sem comentários: