domingo, 29 de maio de 2011

Kyoto: a agonia

França, Rússia, Japão e Canadá saltaram fora de Kyoto.

2 comentários:

LGF Lizard disse...

É claro. Ou os cortes são para todos ou então não há nada para ninguém. Enquanto os países industrializados estão em crise, os chineses fazem o que querem.
O maior poluidor do planeta que se chegue à frente.

RioD'oiro disse...

...e o maior vai responder que os outros 4, juntos com os Estados Unidos (que se mantém de fora) são muito mais que a China. Portanto, que se decidam primeiro.

É assim que se dá o fora com 'elegância'. Todos querem o mesmo mas querem também todos que a culpa fique com o parceiro.