sexta-feira, 20 de maio de 2011

O que faz falta é avisar a malta

Repete-se tanta vez a história da crescente inacessibilidade de Portugal face a financiamento internacional que se vai tornando hábito supor que esse comportamento é coisa trivial.

Convinha que os portugueses metessem na cabeça que Portugal não tem exactamente um problema de dificuldade em financiar-se perante os mercados internacionais. O que Portugal tem é o problema de não poder passar sem esse financiamento para comprar sal e batatas. O problema que Portugal tem pela frente é o de não ter nem que comer, nem com que comprar comida sem que o estrangeiro financie o que cada um de nós mastiga.

Há ainda que ter presente que há que estancar o aumento da dívida e, a prazo, há que pensar pagar aos credores tudo aquilo que se lhes deve.