sexta-feira, 15 de abril de 2011

Só Maomé pode fazer justiça infinita. Bussssh, não.

Da igreja dos apóstolos das pás:
Deixou de ser apenas idiota. Passou a ser útil.
Actualização: 

Muito útil mesmo.

O Hamas acusa agora a Al Qaeda de o ter assassinado e, aposto, que a Al Qaeda vai acusar a Fatah.

Miguel Portas: olha para o que digo, não por onde viajo.
 Miguel Portas vai dinamizar uma vigília à porta da embaixada de Israel.

.

6 comentários:

Carmo da Rosa disse...

Mas afinal quem é o idiota, o insurgente ou o desgraçado?

LGF Lizard disse...

Talvez sirva de exemplo para aqueles que insistem em ver os palestinianos como "coitadinhos" e "vítimas indefesas".

É que se chama um "abre-olhos"

Mas aposto que ainda irá alguém dizer que os tipos que mataram o idiota útil italiano estavam a soldo da Mossad ou eram da Mossad ou eram palestinianos sionistas ou coisa parecida. Porque é sabido que os palestinianos são vítimas indefesas e incapazes de fazer mal a alguém.

RioD'oiro disse...

Será certamente o anónimo-abrantes-e-anti-semita, o Diogo, ou o Streetwarrior, em qualquer das suas encarnações e alter-egos.

Carmo da Rosa disse...

O Streetwarrior não é o Diogo, e vice-versa...

LGF Lizard disse...

"O Streetwarrior não é o Diogo, e vice-versa..."

Claro que não são o mesmo. No entanto, cada um deles acredita piamente que isto não passa de uma sinistra conspiração sionista (leia-se judaica). Nisso são iguaizinhos. Cada um, à sua maneira, claro.

Carmo da Rosa disse...

Isto é tudo tão confuso, tão cansativo, tão chato que me vou dedicar à pesca não tarda...