segunda-feira, 2 de maio de 2011

E Bin Laden não teve direito a psicólogas?


Surpreende que Buraco Obama, lança da velha europa no mundo novo, multilateralista encartado, prémio Nóbel da paz, tenha enviado a besta militar contra indefesos civis.

O comportamento de Bin Laden não era culpa do próprio mas antes resultado da sociedade dos interesses na qual ele foi vítima, quando criança, do roubo de um pastel de nata por um judeu americano.

Não fosse a influência de Bussssh na máquina de guerra americana e Obama teria certamente enviado psicólogas e assistentes sociais.

Só falta que alguém venha acusar Obama de calculismo eleitoral ou até, quem sabe, de ter aproveitado as revoltas no mundo árabe, apanhado-o de cu para o ar.

....

PS: Islamabad não fica no Paquistão? Obama ordenou a invasão do Paquistão?

....

Actualização: está confirmado. Houve mãozinha sionista.

13 comentários:

Julie D´aiglemont disse...

E os cruzados? A culpa do terrorismo é dos cruzados medievais (sublinho a palavra medievais). No fundo, os muçulmanos são vítimas do trauma que aqueles lhes deixaram. Ah! E do Protocolo dos Sábios de Sião - eles têm de combater esta conspiração tão verosímil. Umas vítimas, os queridos terroristazinhos!

LGF Lizard disse...

Falta ainda outras cabeças da hidra.

Falta, por exemplo, o número 2 e cérebro da organização, Ayman al-Zawahiri.

Pouco a pouco, irá conseguir acabar com o núcleo central da organização. O pior é que a al-Qaeda é tipo franchise. Qualquer grupo pode afiliar-se e praticar terrorismo com o mínimo de comando e controlo por parte do núcleo central da organização. O que irá tornar a sua erradicação difícil. Basta ver o exemplo da Al-Qaeda no Magrebe.

Streetwarrior disse...

http://www.youtube.com/watch?v=lD1zgaWl5hE

Por isso é que a mataram...she knowed to much.

EJSantos disse...

Hmm. Ossama Bin Ladem passou a Ossadas Bin Ladem?

RioD'oiro disse...

SW,

Sabia menos 1 jogada (pelo menos) que o adversário.

http://fiel-inimigo.blogspot.com/2011/02/o-minimo-esforco-para-o-resultado.html

.

O-Lidador disse...

Repare-se na "argumentação" dos teóricos da conspiração: só sabem que algo faz parte do "plano", depois de acontecer.

Claro que se o rapaz não tivesse sido liquidado,é porque o "plano", assim o determinava.

Ou seja, aconteça o que acontecer, virá sempre um destes cromos a explicar a coisa.
Chove? É da conspiração.
Não chove? É da conspiração.

Enfim, uma lógica imbatível.

Carmo da Rosa disse...

Streetwarrior disse: ”Por isso é que a mataram...she knowed to much.”

Admito que um streetwarrior não seja obrigado a respeitar a gramática, ainda por cima numa língua estranha, mas que diabo, no título do vídeo o inglês estava correcto, era só fazer copy paste pá!

Por falar em “streetwarrior”, a primeira e única vez na vida que vi no cinema um filme do Bruce Lee, ouvi um espectador à saída do cinema fazer este comentário que na altura me intrigou bastante: “mataram-no porque ele sabia de mais”. Nunca cheguei a saber o que é que o Bruce Lee saberia de mais….

Se calhar sabia que a Benazir Bhutto, que por sinal era bem boa, dava umas trolitadas por fora…

Carmo da Rosa disse...

Creio que mesmo no mais empedernido dos neo-cons se esconde sempre um coração esquerdista! E então o pobre Obama, mesmo quando faz uma coisa boa, não pode ser boa porque tem influências burguesas, ou andou a estudar num colégio de padres, ou jogou à macaca quando era puto ao lado de uma mesquita. O conhecido pecado original…

O-Lidador disse...

"no mais empedernido dos neo-cons se esconde sempre um coração esquerdista"

Frase irónica mas verdadeira. Irving Kristol, o ideóloo do neoconservadorismo, começou no trostkysmo.

By the way, o CdR, sem o saber, é um neoconservador e se ler umas coisas do Kristol, perceberá isso mesmo.

RioD'oiro disse...

Street, já sabe que tenho pouca pachorra para as suas defecações.

RioD'oiro disse...

http://blasfemias.net/2011/05/03/kiss-and-not-tell/

LGF Lizard disse...

Streetwarrior disse...
"Por isso é que a mataram...she knowed to much."

Confunde-se opinião pessoal com factos....

Aliás, ela está agora onde está graças a quem? Aos rebeldes islâmicos paquistaneses... que curiosamente, são grandes apoiantes dos Talibãs, da Jihad e da Al-Qaeda...

Carmo da Rosa disse...

O-Lidador disse: ”By the way, o CdR, sem o saber, é um neoconservador e se ler umas coisas do Kristol, perceberá isso…”

Eu acho que tenho um lado conservador e outro progressista (ou pragmático), provavelmente toda a gente é assim, mas não tenho a certeza, tenho que ler o tal Kristol.

Há coisas em que sou terrivelmente conservador: não suporto chuteiras cor-de-rosa nem copos quadrados. Chuteiras devem ser pretas e os copos redondos.

Sou progressista por exemplo na alimentação: acho que a nossa fantástica gastronomia deveria ser confeccionada de forma mais moderna (racional) e muito mais bem apresentada. Não se compreende que a Espanha tenha 3 restaurantes nos 10 melhores do mundo e que o primeiro restaurante português (o chefe é austríaco!) não apareça na lista dos 50 melhores…