domingo, 8 de maio de 2011

Propaganda por "jornalistas"

A propaganda é hoje maioritária e esmagdoramente disseminada por dois vectores: escolas e comunicação social.

Nas escolas, por esta simples razão: os professores, que maioritariamente acreditam em histórias de amanhãs que cantam, não só não se opõem como alinham, acham normal.

Na comunicação social, porque ... pelo mesmo tipo de razão.

Casos recentes que ilustram bem a cretinice esquerdalha no "jornalismo":
Jornalismo zarolho (726)
Os finlandeses da questão
O admirável show de José Sócrates, o ilusionista que nunca falha*
Pronto, ‘tá bem, ‘a gente’ não fala mais nisso
Se bem os conheço vão assobiar para o lado

Sem comentários: