sexta-feira, 20 de maio de 2011

Trocadilho não aventureirista

No Estado Sentido, a doçura no não aventureirismo segundo Sócrates:

Batemos no fundo, agora é o Fundo que  bate em nós

Bater no fundo não foi (não deveria ter sido) aventureirismo. Foi crime. Mas vai ficar impune porque a factura foi, logo à partida, passada em nome do proleta ... o tal, o que estava a ser defendido pelo socialismo da tenebrosa alçada do "neo-liberalismo desenfreado".

E é o mesmo caduco "salvador" que se auto-proclama ... salvador.
.

Sem comentários: