quinta-feira, 30 de junho de 2011

Nigel Farage meets the press after the euro-funeral cortege

... e o plano inicial era formar um bloco que pela sua força económica e militar depusesse os Estados Unidos e ditasse as regras a todo o mundo.


Há uns 10 anos, Mário Soares andava entusiasmadíssimo com a criação de um exército europeu. Hoje, além de não haver exército não há munições para enviar para a Líbia e a indignação com a "anexação" do Iraque por Bush, foi substituída pelo silêncio face ao empenhamento de Obama na Líbia apenas autorizado por ele próprio ...

Os palermoides do Maio de 86 aplicaram toda a merda socialista e os indignácaro-fascistas seus descendentes reclamam que "o capitalismo falhou".

3 comentários:

José Damião disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
RioD'oiro disse...

Caro JD,

Pela minha parte só permitirei que volte a comentar depois de passado um período de penitência. Para a próxima beba menos gasosa e não se peidará tanto.

Carmo da Rosa disse...

O Nigel Farage, como político, é o melhor orador que ouvi na minha vida, o Adolfo e Fidel incluídos, e ao contrário dos outros dois, este diz coisas sensatas…