quarta-feira, 30 de maio de 2012

Os Idiotas Úteis

OS IDIOTAS ÚTEIS
"Por vezes é quase comovente ler nos periódicos, ou nos espaços interactivos, certos textos de conspícuos comentadores, em geral imbuídos de uma filosofia de vida que se aproxima da candura de espírito. Ou, dizendo de outra forma mais carinhosa, da glamorosa ingenuidade que ostentam como aqueles velhos “leões das salas”, os quais, perdida a frescura da mocidade, substituem a musculatura outrora tersa por uma elegância conseguida nas melhores alfaiatarias.

Muitos deles, para mostrarem que são democratas, que são isentos ou qualquer outra inanidade que lhes abrilhanta o bestunto, perdem laudas a analisar as “motivações” desta ou daquela figura grada dos entrepostos comunistas, com soma de pormenores que esquecem, ou fingem que esquecem, que um militante comunista, seja de base ou dirigente, é antes de tudo uma função. Basta ter-se lido e ter-se olhado com olhos de ver o comportamento das internacionais marxianas e quem as compõe e tem composto, para se perceber isto: o que os move, antes ou depois de tudo, é deitarem abaixo o que não é deles, feito por eles ou por eles controlado."

Sem comentários: