sexta-feira, 25 de maio de 2012

Qual desemprego?

[Comentário que deixei algures]

Não se pode afirmar se o desemprego sobe ou desce. O que se pode afirmar é que deixou de ser possível manter os empregos alimentados à custa do aumento de dívida.

Como nos antigos paraísos socialistas em que não havia desemprego, tudo era artificial pela simples razão de parte do emprego não corresponder à verdade da economia. Já sem a almofada do aumento exponencial da dívida, já não há forma de manter postos de trabalho que eram directa ou indirectamente suportados por esse dinheiro.

O que se passa neste momento é um retorno a realidade há muito tempo estabelecida mas disfarçada pelo dinheiro proveniente de empréstimos. Se para além disso há perca ou ganho em termos de emprego, é coisa que ainda ninguém aborda e é, provavelmente, difícil de saber até que se afaste, no tempo, o efeito do aumento de dívida (que, aliás, continua, mas muito atenuado).