sexta-feira, 4 de março de 2011

Do luso-socialismo

Que separa o PS do BE e do PCP? Pouco.

O PCP e o BE são parecidos mas o BE é 30 anos mais novo. O PCP é composto pela velha malta da “luta”, o BE pela pós-modernidade bem pensante. Os índios do PCP sabem o que é uma enxada, os do BE conhecem bem o SMS e seus derivados.

Os do BE são mais insidiosos porque esperam construir uma nova sociedade de servos (a do PCP é da concorrência) para os quais se apresentam como iluminados. Têm uma vasta base de apoio nos meios da “educação”.

PCP e BE respiram socialismo, como o respira o PS mas enquanto aqueles pretendem aplicar o socialismo à bruta, o PS pensa que é capaz de o aplicar “com justiça e equidade”.

Nem o PCP nem o BE pretendem qualquer espécie de poder que os obrigue a descer à realidade. São uma espécie de ayatolas que emanam fatwas sobre quem lida com a realidade. O PS lida com a realidade pensando ser capaz de a vergar às doutas doutrinas socialistas.

O barco é o mesmo. Todas as medidas que o PS toma são para o PCP-BE e, por "serem frouxas", cedências aos desígnios do neo-liberalismo. O PS defende-se que há que avançar rumo a uma “sociedade mais justa” mas sem encalhar em baixios.

Portugal encontra-se, entretanto, rodeado de baixios. O “especulador” mostra-se renitente em abrir a torneira, a água vai faltando e os baixios vão despontando. E tem sido por esta razão que Sócrates, encurralado, faz de conta que toma “medidas”.

No PSD nada se passa. Parece passar, parece não passar, a verdade é que nem eles sabem o que querem ou, se sabem, estão à espera que as coisas fiquem suficientemente podres para que haja ouvidos que os escutem. Nos intervalos vai-se falando que Passos Coelho já está maduro. Para o que nos dias de hoje conta, são um partido-incógnita de pendor sebastianista.

O CDS parece reduzido a uma cabeça capaz de pensar: Nuno Melo. É um partido Segway.


Actualização:

A propósito ... Pacheco Pereira.


Actualização II:

Continua a ser pouco - Rui Albuquerque.

.

3 comentários:

David Levy disse...

Gosto e concordo. Linkei.

Carmo da Rosa disse...

Rio disse: ’”PS pensa que é capaz de o aplicar [socialismo] “com justiça e equidade”.”’

Pensou, falhou e quando perder as eleições vai dar uma curva. Mas se quiser ficar depois de ter perdido as eleições (cruzes, salvo seja!), nesse caso é igual ao PCP e ao BE. O futuro o dirá…

RioD'oiro disse...

Caro CdR,

Lamento informar mas a situação é tão viscosa que ninguém percebe se há uma alternativa ao PS.