terça-feira, 24 de abril de 2012

"Liberdade"

3 comentários:

Paulo Porto disse...

RD
Não posso deixar de dizer q uma boa parte destes professores são indiretamente responsáveis pela situação.
A maioria deles defende sociedades e valores que incluem a indisciplina, a aversão aa autoridade, a transferencia da responsabilidade individual para a "responsabilidade social".
Depois, eu não me lembro de ver professores fazer manifestações, por exemplo, para defender colegas agredidos física ou psicologicamente, ou pela exclusão de da escola de alunos que deviam usar pulseira eletronica para serem mantidos longe das escolas, em vez de estarem dentro das escolas.
No entanto, as maiores manifestações que o paiz viu nos ultimos anos foram realizadas por professores que protestavam sobretudo porque iam ser avaliados, e não tanto contra o modelo de avaliação, como diziam.

Paulo Porto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RioD'oiro disse...

Caro Paulo Porto,

Tem toda a razão. De cada vez que lhes digo o que o Paulo muito bem afirma, cai o Carmo e a Trindade, levanta-me as 350 cabeças de hidra, a bomba de Hiroshima e Nagasaki. Claro está que essa reacção é razão sine qua non para eu lhes continuar a dar na cabeça. Arma-se cada discussão pior que os estoiros do Vesúvio.

Apareça lá (tem que ter uma conta de Facebook e pedir para ser amigo - o Ramiro autoriza sempre):

http://www.facebook.com/ramiromarques

e

http://www.facebook.com/ramiromarques2