sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Proposta para Prémio Nóbel da Paz (método Al Gore)

Proponho que para o próximo ano Kenji Watts, respeitado e destacado membro da Union of Concerned Scientists, seja proposto como Prémio Nóbel da Paz (método Al Gore) à academia sueca.


Nota extremamente importante:

Conforme chama a atenção O Lidador (em comentário), o Prémio Nobel da Paz não é atribuído pela academia sueca mas mas um comité do Parlamento norueguês. Pois muito bem.

O Lidador refere ainda: "Trata-se de um comité socialista, onde pontifica, como supremo decisor (o presidente, Thorbjorn Jagland), um antigo contacto do KGB e ex-vice presidente da Internacional Socialista."

Pois muito bem. Pois muito bem. ... pois muito bem, uma ova. E como saio eu agora desta? Ora, ora ... perdido por um perdido por cem. Proponho que passe a ser atribuído pelo Zimbabwe. A Assembleia Geral da ONU aprovaria de imediato e por aclamação.

2 comentários:

O-Lidador disse...

Viva Rio. o Prémio Nobel da Paz (uma galhofa, desde que foi entregue a Arafat, Obama, IPCC, e outros cromos), não é atribuído pela Academia Sueca, mas por um comité do Parlamento norueguês.

Guess what? Trata-se de um comité socialista, onde pontifica, como supremo decisor (o presidente, Thorbjorn Jagland), um antigo contacto do KGB e ex-vice presidente da Internacional Socialista.

Espera alguma decisão séria, deste tipo de pessoa?

RioD'oiro disse...

Pois muito bem caro Lidador. Já apliquei uma zenital nota, em jeito (com jeitinho vai) de adenda à proposta.