sábado, 7 de janeiro de 2012

Porque amanhã é Domingo: Mozart por Karajan

Sob proposta do Portugal dos Pequeninos:


Exemplo provavelmente supremo de quando uma orquestra vale pelo menos o quadrado do somatório dos seus componentes.

9 comentários:

Carmo da Rosa disse...

”Sob proposta do Portugal dos Pequeninos”

Rio, e eu também posso propor algo ao Portugal dos Pequeninos? Ou a coisa só funciona para um lado?

RioD'oiro disse...

Funciona para os dois, assim eles aceitem.

As minhas propostas musicais são frequentemente aceites noutros blogs, por vezes sob a forma de contra-proposta.

Carmo da Rosa disse...

"....assim eles aceitem"

Mas se não aceitam é porque a coisa não funciona.

RioD'oiro disse...

Pois não, eu também só respondo (propagando ou contrapondo) a propostas que acho interessantes. E quando aceito, regra geral, nem lhes digo nada, limitando-me a deixar o link para o original.

Carmo da Rosa disse...

Mas o original é em primeira instância do Mozart, em segunda do Karajan e em terceiro lugar vem o YouTube!!!

Os gajos do Portugal dos Pequeninos não são os herdeiros do Mozart pois não? Então não têm voto na matéria.

RioD'oiro disse...

Mozart não é para votar. É para ouvir.

Ouvir Mozart e Karajan o que implica a orquestra.

Não sei da origem do papel das partituras mas desconfio em que fábrica foram fabricados os microfones, as câmaras e os gravadores originalmente usados com a orquestra.

Carmo da Rosa disse...

"Mozart não é para votar."

O Mozart não, mas talvez se pudesse votar no facto do Fiel Inimigo ser utilizado como uma caixa de sapatos da tralha de outros blogs!

RioD'oiro disse...

Já percebi. Para a próxima tentarei acertar no seu gosto talvez aceitando uma proposta de Zé Cabra.

Carmo da Rosa disse...

E quem é o Zé Cabra?