terça-feira, 20 de outubro de 2009

Furacões de cretinos


Apesar de há anos a esta parte da verdalhada ter berrado como "absolutamente garantido" o aumento exponencial da quantidade e intensidade dos furacões, tal não se verificou.

Todos os anos se tem aturado a ladainha pela qual "cientistas garantem que daqui para a frente vai ser sempre muito, mas muito pior" e todos os anos a simbiose entre a verdalhada estúpido-militante e a comunicação social se têm entregue ao carpir da ladainha contra o CO2, as petrolíferas, as indústrias, a sociedade de consumo, o capitalismo e, evidentemente Bussssh.

A teoria deles estaria certa não fosse dar-se o ligeiro inconveniente de não estar de acordo com a realidade: o número e a intensidade dos furacões tem vindo paulatinamente a diminuir.

1 comentário:

Tarzan disse...

Sobre estas trafulhices queria só deixar este meu post antigo sobre o assunto

http://caldeiradadeneutroes.blogspot.com/2006/10/questes-de-representatividade.html