domingo, 10 de outubro de 2010

As beatas do ano zero

Como aqui já foi afirmado por diversas vezes, a esquerdalha anda em pânico.

A cortina de ferro caiu, na China já não se reza ao livro vermelho, o Zimbabwe já não provoca suspiros, a Coreia do Norte tornou-se numa 'monarquia' um tanto ou quanto esquisita, o gang dos bolivarianos anda em palpos de aranha, Fidel (dono de Cuba) descobriu que o sistema está com os pés para a cova, as predições que os recentes soluços do capitalismo que era suposto ficar de joelhos e obrigado a render-se a 'novos horizontes' não deu em nada, os "jovens" gregos não conseguiram mais que levar porrada, os franceses como a generalidade dos europeus já perderam a paciência com os muçulmanos, etc., etc.

Esta esquerdalha é, evidentemente, perigosa. De entre a esquerdalha perigosa geralmente contida no eixo Bloco de Esquerda - Partido Comunista Português, há uns quantos ainda mais perigosos: os discípulos do dia zero.

Da esquerda, pouco se fala. Talvez eu venha a falar dela noutra altura. Fala-se pouco porque, por um lado é substancialmente difícil a essa esquerda conseguir distanciar-se relativamente à esquerdalha, por outro porque esquerda e esquerdalha se conhecem bem demais.

Há esquerdalha para todos os gostos. Há discípulos, entre outros, de Marx, de Lenine, de Estaline, de Mao, da dinastia Kim Il-Sung e de ... Pol Pot. Esta esquerdalha é perigosa e odeia-se mutuamente. Há até esquerdalha que venera combinações dos ídolos da praxe .

Em todas estas tribos há uns quantos indígenas na variante kaviar. Estão geralmente mais concentrados à extrema-esquerda, arrogante, amante da ditadura do proletariado (nas suas várias 'cambiantes'), totalitarista. O Bloco de Esquerda está, nesta matéria, bem 'equipado'.

Os discípulos do dia-zero não estão em exclusivo na tribo amante de Pol Pot. Há-os por todo o lado, mas mais concentrados entre os casulos perpetuados por aqui e por ali, entrincheirados em sites onde mantêm, zelosamente, nuns casos de acesso ao público em geral noutros apenas para bafejados, militando o Bloco de Esquerda e o PCP (estes mantidos a rédea mais curta pelos tentáculos do comité central). A esquerdalha é um cadinho de luminárias e todas elas sabem que se uma das facções chegasse um dia ao poder e com poder, eliminaria as restantes facções acusando-as de servilismo com o mesmo afinco que qualquer burguês capitalista seria triturado.

No Partido Socialista há uns quantos, já muito degenerados mas substancialmente perigosos. São tropa de choque.

Os amantes do dia zero merecem um tratamento especial porque têm andado pelo Fiel Inimigo como zombies, geralmente sem nick. São os discípulos da terra queimada e do reino da fome e estão convencidos que uma nova "cultura" surgirá apenas com a destruição prévia de todos os anteriores valores culturais e que a história anterior ao dia zero deverá ser banida e re-escrita. Vão-se exercitando nessa arte nas caixas de comentário.

87 comentários:

Anónimo disse...

Rio, doeu não. O anónimo levou-te ao tapete com o idiota. ficaste sem resposta.É a vida.

Streetwarrior disse...

Rio...Tu foste sodomizado por algum esquerdista Fanático e ficou esse trauma,não foi?

Já reparaste que em todos os Posts que escreves,debitas estas babuseiras...depois quando em alguma troca de comentarios ficas sem argumentos.
A norma é,partes para outro artigo com o mesmo tipo de babuseira mas nunca contrapões com argumentos..sempre com babuseiras da esquerdalha,Pol Pot,lenin, Marx, PCp bla bla bla...Mas é sempre o mesmo tipo de abuseiras!!

e depois os outros é que são alienados?

Nuno

RioD'oiro disse...

Tu?

Streetwarrior disse...

http://www.youtube.com/watch?v=Znp8kTGyRx0

Streetwarrior disse...

Ai desculpe,realmente foi um abuso...Não me excomungue,não quero ir parar ao inferno.

José Gonsalo disse...

Rio d'Oiro:
Penso que você está a exagerar. Os tipos que nos vêm enchendo as caixas de comentários com disparates pueris e confrangedoramente analfabetos não passam daquele nível do intelectual de bairro com aspirações a membro da Sociedade Recreativa da terra e, quando muito, a fazer parte da lista do partido para a Junta de Freguesia ou aparecer na que concorre à Assembleia Municipal. São uma ameaça para a paciência de quem tem que os aturar ao vivo e fazem serviço de controlo aos blogues onde possam ler qualquer elogio ao que não consta da cartilha ideológica que adoptaram, cujos conceitos não têm conhecimentos suficientes para compreender em extensão e profundidade suficientes. Mas que lhe chegam como instrumentos para extravasar o mal-estar que sentem e acariciar a preguiça, porque isto de investigar a sério é uma maçada.
É só isso. Responder-lhes é, como dizia o outro, como conversar com os demónios: uma conversa que não tem fim porque não é uma conversa séria. À primeira, qualquer cai; à segunda, cai quem quer. E eu já caí três vezes a responder a crianças mal-educadas. Às três é de vez e os pais que os aturem.
E, já agora, StreetWarrior, você, no meio destes tristes todos, até me parece o único que é sincero, que faz um esforço para perceber as coisas. Mas não chega. Eu até fui ver aquilo que escreveu no seu blog sobre as noções de indivíduo e pessoa e fiquei hesitante em deixar-lhe lá ou não um comentário. Ganhou o não, como já percebeu. Porquê? Primeiro, porque estou com uma enorme falta de tempo. Em segundo lugar, porque, admitindo que você fez, pelo menos, o 10º ano de escolaridade, deveria lembrar-se do que deu na disciplina de Filosofia, onde lhe dão umas luzes de John Locke, de Rousseau e de Hobbes, para não falar de Kant, Bastaria lembrar-se disso para já colocar essas questões de outra maneira e com outra densidade.
Ok?

RioD'oiro disse...

JG:

"Penso que você está a exagerar."

... se calhar!

Há duas coisas nesta malta que conseguem sempre espantar: o grau de beatice e o recorrer sistemático a fontes completamente inquinadas.

O primeiro caso explica o segundo, evidentemente. As beatas precisam uma cartilha e a cartilha está bem gravada naquelas monas e é recorrentemente consultada para estar na ponta da língua.

É espantoso ainda duas coisas: a ligeireza com que recorrem às tais "fontes" e a lata com que fazem 'paste' como se palavras suas se tratasse. Isto parece revelar que haverá uma militância organizada recorrendo a estudo prévio de fontes de "inspiração".

Claro está, esta malta é imune aos factos e é imune à história (a do mundo real com o qual eles não gostam de se relacionar). Dito de outra forma, relacionam-se com o mundo real apenas através de um "correcto enquadramento".

Recordei agora as perseguições que os "Lennonistas" fizeram a Bob Dylan, esse tenebroso sionista. Dylan não era suficientemente empenhado na causa de Jane Fonda e Joan Baez (com quem viveu) e sofreu tentativas de ostracização.

À obra musical de Lenon e de Baez tiro o chapéu. Já aqui, aliás, publiquei clips de Baez. A obra política de ambos é, regra geral, de pesadelo.

RioD'oiro disse...

SW:

"Ai desculpe,realmente foi um abuso...Não me excomungue,não quero ir parar ao inferno."

Não reconheço a existência desse inferno. Apenas o dos paraísos socialistas.

Streetwarrior disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Streetwarrior disse...

Rio D´oiro disse
""Não reconheço a existência desse inferno. Apenas o dos paraísos socialistas.

Ehehheeh

Caramba... " Vósmecê " será que não consegue ver mais nenhum inferno que o dos Socialistas?
Alguém criou o Socialismo...quem acha que terá sido?...De quem partiu essa " Brilhante Ideia "?
Por acaso já leu o Livro "Contos Secretos- Memórias de 1 PS desconhecido " ?

Nuno

RioD'oiro disse...

"" Vósmecê " será que não consegue ver mais nenhum inferno que o dos Socialistas?"

Consigo. O do trânsito, por exemplo. Repare até que o paraíso da Coreia do Norte não tem esse inferno. Como Cuba.

Caro Streetwarrior, não confundo uma borbulha com uma perna partida. Se lhe aparecer uma borbulha na cara não pense estar perante um cancro, por muito que lhe custe que as garinas franzam o nariz.

Não confunda, apesar de tudo, socialismo (o real) com o Partido Socialista. Sócrates é aprendiz de feiticeiro. Perigoso, porque me vai ao bolso e faz perigar a minha subsistência, mas não é Pol Pot. Dito isto, tem sido o pior primeiro ministro desde 1926 (lá para trás não sei bem). Nunca Salazar mentiu tanto e tão descaradamente como ele.

Anónimo disse...

“o grau de beatice e o recorrer sistemático a fontes completamente inquinadas.

Ò idiota pega numa historia universal e desmente os factos que eu apresentei idiota e salva-te de te chamarem burro imbecil e idiota,é que voce disse em resposta a minha afirmação, que ficou sem desmentido da sua parte,

"Vietname, não foi aquela guerra em que os americanos levaram no lombo."

Disse o idiota:

Foi. Qualquer esquerdalho vive dessa "verdade".

Verdade de esquerda? Dei-lhe todas as hipoteses de demonstrar que era uma verdade ideologica e não factual historica, mas voce nunca pegou num livro de historia e não sabe se é verdade ou mentira, nem sabe onde procurar isso.Já lhe mostrei e uma vez que esta na net vá a wikipédia, caso contrário vá a uma biblioteca e tire as dúvidas. O senhor é um idiota juntamente com o mestre escola.

Desminta-me ó idiota.

Streetwarrior disse...

Gonsalo disse...

""Bastaria lembrar-se disso para já colocar essas questões de outra maneira e com outra densidade.""

Qualquer pessoa ao ler um artigo de outro,tem a sua própria percepção.
Não sendo conhecedor profundo desses pensadores,conheço alguma das teses que defendiam mas...
Outra densidade?...Mas em que aspecto?

Sem ironia!

Nuno

Anónimo disse...

Outra densidade?...Mas em que aspecto?

Sem ironia

Na visão do mestre escola devias escrever aqui nos comentarios um tratado sobre locke, rousseua, kant, kiekgard, schopenhauer, e um ensaio sobre o bom selvagem ou a critica da razão pura. Isso era outra densidade para estes imbecis que nem desmentem factos vulgares. quanto mais conhecimentos eruditos.

Streetwarrior disse...

"" Na visão do mestre escola devias escrever aqui nos comentarios um tratado sobre locke, rousseua, kant, kiekgard, schopenhauer, e um ensaio sobre o bom selvagem ou a critica da razão pura.""

Pois daí a minha pergunta.

Qual densidade?

Nuno

Anónimo disse...

E quem foi quem que arrasou duas cidades cheias de civis do mapa. Causando em segundos milhares de mortos.

José Gonsalo disse...

Nuno StreetWarrior:
Com outra densidade, ma medida em que os entrelaçaria com outros, os que lhes são adjacentes e o que lhes são consequentes. E isso enquadrar-lhe-ia as coisas de um modo mais rigoroso. Abordando rapidamente o assunto:
O conceito de pessoa, com o qual Kant joga no plano ético enquanto o mais elevado que respeita ao ser humano (Deus seria a Pessoa), é um termo que é utilizado pela primeira vez na filosofia da Idade Média. Indivíduo, por sua vez, é utilizado desde a Antiguidade e tem, naturalmente, o siginificado daquele que constitui uma unidade, o que não se pode dividir. Nesse sentido, todos somos indivíduos, mas cada um de nós possui diferentes graus de personalidade.
Repare que tanto "pessoa" como "personalidade" provêm do latim "persona", que significa "máscara", a máscara usada obrigatoriamente pelo actor da Antiguidade Clássica. Os medievais utilizam o termo para siginificar não o disfarce, a hipocrisia, mas o assumir daquilo que se quer fazer de si próprio mediante a liberdade que caracteriza o ser humano. De outro modo, nós seremos a personagem que quisermos construir de e para nós mesmos. O termo "pessoa", ao contrário do termo "indivíduo", de alcance e profundidade muito mais restritos, contém uma carga ética e de liberdade associada à responsabilidade do que quisermos fazer da nossa existência. Mas tem igualmente uma dimensão de dignidade e de respeito, mesmo para com aqueles, sempre pessoas na medida em que foram responsáveis pelas suas decisões, que escolheram caminhos errados e prejudiciais para si e para os outros. No caso daquilo que escreveu no seu texto, qualquer um dos autores que referi, ao analisar a relação entre o cidadão e o poder das instituições, incluindo as compostas por pessoas que deverão zelar ou impor a autoridade do Estado, fá-lo já nessa perspectiva mais densa. Ao lê-los , portanto, além de tomarmos contacto com outros discursos - com os quais podemos aferir do maior ou menor rigor e argúcia do nosso e das diferentes perspectivas de que cada um parte, permitindo-nos avaliar melhor da justeza e da necessidade de reformularmos ou não as nossas conclusões -, ganhamos também a enorme vantagem de podermos fazer entender melhor o que pretendemos dizer ao utilizarmos o vocabulário convencionado pelo uso comum de uma época para tratarmos de um determinado assunto.
Fiz-me entender?

José Gonsalo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Gonsalo disse...

Nuno StreetWarrior:
Só para deixar as coisas, se possível, ainda mais claras:
Se o Nuno tivesse mais conhecimento das perspectivas e dos correspondentes termos dos que são considerados os teóricos de base das sociedades que neste momento existem, daqueles que, duzentos anos antes, lhes deram a justificação da necessidade da sua formação e existência, ao discutir temas como aqueles que pretendeu discutir, fá-lo-ia, mesmo que de um modo breve, com uma outra dimensão e densidade que não consegue atingir da maneira como o fez. E isto porque, não apenas teria conhecimento suficiente do que foi pensado e dito sobre o assunto para o poder apoiar ou refutar, como o modo e o contexto em que empregaria os termos seriam, deste modo, muito mais eficazes e esclarecedores. Ao empregar o termo "indivíduo", fá-lo-ia de um modo que, por estar em consonância com o significado e o peso que comumente lhe é atribuído nestes assuntos, seria, na perspectiva que escolhesse como sua, muito mais esclarecedora e eficaz para o que pretendesse.

José Gonsalo disse...

Nuno StreetWarrior:
Olhe, eis um bom exemplo de um texto curto, mas cheio de sumo, exactamente porque revela um conhecimento profundo do que já se disse sobre o assunto, ao mesmo tempo que pretende acrescentar algo ainda não dito ou, pelo menos, dizê-lo a partir de uma outra perspectiva.

José Gonsalo disse...

Nuno StreetWarrior:
Esqueci-me de colocar o link :P

http://legoergosum.blogspot.com/2010/10/instaurou-se-republica-agora-falta.html

Anónimo disse...

Caro Sr. Gonsalo concordo com a sua argumentação, quando se refere à "densidade" necessária para uma determinada capacidade argumentativa, com determinadas perpectivas imparciais ou parciais; mas "densidade" que seja honesta e não facciosa como é timbre dos quase constantes posts, aqui colocados, principalmente pelo Rio d'Oiro e Carmo da Rosa.
Talvez por esta razão, este blogue valha o que vale e por aqui muita gente apenas se divirta.

Anónimo semi-analfabeto

Anónimo disse...

"mas "densidade" que seja honesta e não facciosa como é timbre dos quase constantes posts, aqui colocados, principalmente pelo Rio d'Oiro e Carmo da Rosa."

anonimo semi-analfabeto, mas eles não sabem mais, é a minha opinião ao desenvolver comentarios. Eu ate penso que é uma maneira de defesa. Não era o rosa aqui ha tempos dizia, para nao ir na onda e aprofundar muito, era o sem maneiras.

"Carmo da Rosa disse...
José Gonsalo e Nausicaa,

Vocês estão completamente off-topic pá!

Não vão atrás de anónimos idiotas e pretensiosos. Respeitem minimamente o estilo do blogue holandês o SEM MANEIRAS (agora também programa da tv-nacional). Nada de coisas intelectuais, nada de correctismos políticos, provocar sempre… :-)

28 de Setembro de 2010 17:46"


A densidade deles é como fogo de vistas, apaga-se em dois comentários

Lenine da Silva disse...

Os sociais-fascistas é que vos irão limpar o sebo!

Carmo da Rosa disse...

@ Rio d’oiro: ”De entre a esquerdalha perigosa (…) há uns quantos ainda mais perigosos: os discípulos do dia zero.”

Rio d’Oiro, partilho a opinião do José Gonsalo, há algum exagero da sua parte ao catalogar estes nossos queridos anónimos coitadinhos de discípulos do dia zero... São realmente chatos, pedantes, malcriados, cobardes, (abro aqui uma excepção para o Streetwarrior) e incontestavelmente formatados à esquerda, mas niilistas?

Esta rapaziada é tão mimada, tão mimada (as mães levam-nos à escola de carro, preparam-lhes o lanche, mudam-lhes os lençóis da cama, lavam-lhes a roupa. ‘- Ai filho veste uma camisolinha que te constipas!’. Na realidade faz 15º positivos!) que a eventualidade de alguma vez criarem uma organização perigosa do tipo RAF ou Hamas me parece tão longínqua, tão longínqua como eu virar muçulmano ou tornar-me acólito…

Rio d’Oiro, há uma solução para este ‘perigo’, e a solução é-nos dada pela sempre ditosa esquerda. Há que reconhecer que em questão de censura a esquerda funciona bem melhor que a direita...

Para comentar no Arrastão é preciso passar este filtro:

O seu comentário aguarda aprovação. Os autores do Arrastão reservam-se o direito a não publicar comentários que ofendam os seus valores éticos ou que estejam abaixo do nível de qualidade de debate que este blogue procura promover.

Para comentar no Jugular é preciso passar este:

O seu comentário foi registado. O dono deste Blog optou por ter os comentários moderados, pelo que apenas é visível para o dono do Blog. Apenas depois de ter sido aprovado, o seu comentário ficará disponível online.

P.S. Devo confessar que no Arrastão até hoje nunca fui censurado, o Daniel Oliveira nem sempre está de acordo comigo mas é sempre cortês e educado.

No Jugular também nunca me censuraram (apenas uma vez a Fernanda Câncio retirou um comentário meu em que eu dizia que ‘se o Eng. Sócrates vivesse num Estado de Direito já teria sido preso’ – nada de muito importante!).

Anónimo disse...

Ai rosinha venha a censura.

Streetwarrior disse...

Gonsalo

Tal como eu disse,não tendo conheçimentos aprofundados sobre todos esses pensadores compreendi e gostei de ler por suas palavras,as teses que eles defendiam,gostando eu particularmente da analise que Rosseau defendia
Mas...
O Objectivo do post era acerca da forma como o Estado "nessecita" de estabelecer uma relação contratual com uma pessoa para impor a sua autoridade,coisa que não consegue nem pode estabelecer com o ser humano.
Por outras palavras,a interacção entre autoridade, a forma como a Lei é imposta motivada por vezes,pelo total desconheçimento dos direitos e deveres de cada ser humano ou individuo.
Daí continuar sem perceber o porquê ser nessecário dar mais densidade ao artigo,sendo o seu objectivo ser o mais simples possivel.

Aquilo que o Gonsalo me está a propor seria,aprofundar as diferenças entre pessoa individuo e ser humano e suas varientes do self e personalidade o que penso que não era o objectivo do artigo.

Seria isso?

Nuno

Carmo da Rosa disse...

anónimo das 17:43 disse: “Não era o rosa aqui ha tempos dizia, para nao ir na onda e aprofundar muito, era o sem maneiras.”

O Rosa disse quase isso! Precisamente a distância que vai entre ser totalmente analfabeto e semi-analfabeto. Um analfabeto não sabe ler, um semi-analfabeto sabe ler mas não entende a ponta de um corno do que lê…

Eu apenas pedi (ironicamente) ao José Gonsalo e à Nausicaa para comentarem on topic num determinado contexto. A saber, para respeitarem o estilo humorístico e superficial do blog O SEM MANEIRAS. Ora, o Sem Maneiras é um blog holandês, feito por holandeses para holandeses e nada tem a ver com o Fiel Inimigo. Aliás, um blog como o Sem Maneiras nunca funcionaria em Portugal: somos demasiadamente pedantes, pretensiosos e a situação económica sugou-nos os últimos resquícios de humor que ainda tínhamos…

José Gonsalo disse...

Carmo da Rosa:
A criatura acima escreveu assim: "Ai rosinha venha a censura."
Imagino que se alguém se puser à porta dela, a puxar pelo vocabulário que conhece da zoologia vernácula para a insultar, a desconversar a cada pergunta que ela faz, a provocá-lo como uma criançola mal-criada e a dizer-lhe que, se lhe fechar a porta na cara, revela falta de espírito democrático, a criatura vá na conversa. É que estou mesmo a ver...! Até voava, a garrafa de cerveja...!

Streetwarrior disse...

Carmo da Rosa disse
""São realmente chatos, pedantes, malcriados, cobardes, (abro aqui uma excepção para o Streetwarrior)"

Ufff...

Em relção á moderação...de todos os defeitos e virtudes que se podem alegar acerca deste Blogue, ninguém se pode queixar que não dão o corpo á balas,nisso dou a mão á palmatória...não é para todos.

Ainda por mais,quando se aturam, anónimos "não identificados" e pirralhos de piercing na lingua.

Nuno

José Gonsalo disse...

StreetWarrior:
Apanhou-me a verificar se o comentário a um anónimo-do-costume ter dito mais uma bacorada.
Agora, já tenho o jantar na mesa, a arrefecer e, depois, vou descansar um bocado. Não volto a abrir o computador por hoje.
Respondo-lhe amanhã, lá para o fim da tarde.
Até lá.

José Gonsalo disse...

"Apanhou-me a verificar se o comentário a um anónimo-do-costume ter dito mais uma bacorada"...

... tinha ficado mesmo guardado.

RioD'oiro disse...

CdR,

"e incontestavelmente formatados à esquerda, mas niilistas?"

Sim. Há lá coisa mais fácil que ser niilista? Basta defender o que seja mais absurdo e da forma mais absurda. Só com muito azar (para eles, probabilisticamente), acertariam em qualquer coisa de racional.

A primeira coisa a banir é a realidade (histórica ou presente). A segunda, a racionalidade. Que sobrará então?

Streetwarrior disse...

Carmo
http://espirra-verdades.blogspot.com/2010/10/comparacoes-e-contradicoes.html

No lado do PSD / CDS só muda as fotos e os nomes,de resto vêm da mesma colheita.

Nuno

Nausícaa, São Paulo, Brasil disse...

Queridos Fiéis Inimigos,

O que é preciso para reunir os Beatles?

Mais três disparos.

Anónimo disse...

Querida nausicaa (que raio de charada), aqui os nossos fiéis já fazem um bom quarteto e com a vantagem de ainda nenhum ter morrido.

Anónimo semi-analbeto (li mas não entendi a ponta dum corno; mas corno de quem?)

Anónimo disse...

Rais-parta o corrector: analfabeto porra.

RioD'oiro disse...

Nausícaa:

"Mais três disparos."

A anedota é boa mas parece-me há aí um problema de matemática: já morreram dois.

A não ser que eu não tenha percebido a anedota.

Anónimo disse...

E então so comentarios não são publicados

Anónimo disse...

“O Rosa disse quase isso! Precisamente a distância que vai entre ser totalmente analfabeto e semi-analfabeto. Um analfabeto não sabe ler, um semi-analfabeto sabe ler mas não entende a ponta de um corno do que lê…”

Mas quem se estava a referir ao sem maneiras valha-me deus, a referencia foi só para situar os comentários, estupido.

Ai disse o rosinha?disse disse quase isso não é idiota,não disse quase isso disse issso mesmo. O gonçalito aprendeu rapido o petiz, porque depois disse:

“Mas como o prazer de falar com alguém do seu calibre se me afigura, desde o princípio, semelhante à experiência do vómito,”

O puto começou a vomitar. E vomitou vomitou vomitou, a ponto de me deixar preocupado.

Anónimo disse...

E depois o corado de novo.

“Quando o padre viu na igreja o traseiro da mãe deste último filósofo-anónimo exclamou: mas que bilha cósmica! E foi precisamente nesse momento que o pobre sacerdote se deu conta da dualidade da Igreja: o celibato e a fraqueza da carne”

O corado começou a cagar.

E de novo o gonçalito coitado que não tinha parado de vomitar, devia saber do que falava

“Carmo da Rosa:

:D

É que não há cu que aguente”

Mostrou que tinha o cu dorido. Estava ser erudito não é o rosinha.

Percebeu o que leu seu azeiteiro.

Anónimo disse...

E a censura rosinha, o visto previo. E bom não é, para quem começa blogs por :

"De imediato, a pocilga anónima despejou a sua torpeza, como se eu tivesse afirmado a minha concordância com Jardim ou com Sarkozy. Estão aqui para grunhir e babujar-se. À conta do seu pobre ego ou do ego alheio. Cumprem a sua função de João Pateta, é isso que os amigalhaços lhes pedem, confiando na sua perpétua e moldável ignorância. Estudar e pensar exigem esforço e eles, como bons preguiçosos, alimentam-se do fast-food das ideologias e do prospecto do partido. " da autoria de um ilustre burradas numa de erudito”

E outro burradas erudito.

“Entretanto as esquerdalhas parecem baratas tontas contaminadas em trabalho de digestão de insecticida.”

Anónimo disse...

Sujeita-se a levar nos comentarios igual linguagem,porque supõe todos os outros pela sua bitola de estupidez, se analisar blogs sérios não são ofensivos, discutem ideias, não são ofensivos, falou em vários vá la encontrar essa linguagem nos blogers, o que não da motivos para ser insultado nos comentarios, se isso acontece então justifica-se a aaprovação prévia. O que a censura previa que o rosinha apela é muito simples, eles estes idiotas, insultam e os comentadores sujeitam-se ao insulto e a ver os seus comentarios ser aprovados previamente antes de publicados, o que faria que se fossem insultuosos para rosinha e companhia não seriam publicados, muito fino.

Ro sinha meu caro voce é um azeiteiro. isto aqui neste blog é como quando se adiciona um produto dissolvente num liquido, a principio o liquido tem propriedades dissolventes, depois passa a saturante.

Eu consigo ja o descartei ha muito de discutir o que quer que seja,por isso o mando constantemente dar banho ao cão. É um estupido azeiteiro, idiota, arruaceiro, e pode por a censura previa, sabe o que estou a dizer para além de o mandar a.......

Anónimo disse...

A primeira coisa a banir é a realidade (histórica ou presente). A segunda, a racionalidade. Que sobrará então?

Onde aprendeu isso, os niilistas são racionalistas e contra tudo o que é conhecido como mentiras convencionais da sociedade , repudiam tudo que a razão não pode explicar (ou seja ao contrario são racionalistas). Como crendices superstições e religiões. Os niilistas não reconhecem cerimoniais de cordialidade por exemplo se uma pessoa que nos não gostamos nos dirige a palavra, os verdadeiros niilistas mantem-se frios e calados sem serem hipocritas sem sentir obrigação em manter as aparências e fomentar mais uma hipocrisia social. É também pelo niilista repudiada toda a ignorância e ingenuidades. A religião, a moral e atitudes pomposas como o cavalheirismo não passam de hipocrisia. A familiaridade entre as pessoas sem amizade é condenada por estes, o que seria para o niilista uma contradição, uma negação à sua conduta e personalidade.
o niilismo nega toda subordinação do individuo ao estado, à igreja e à família, assim como na defesa do racionalismo científico.

RioD'oiro disse...

"E a censura rosinha, o visto previo."

Oh anónimo. Não há censura nenhuma. Se houvesse você receberia a informação de que o comentário ficaria pendente de aprovação.

Despeje vómitos à vontade que ninguém se chateia. Claro que tenho mais que fazer que ler os absurdos que você despeja, mas amigo não empata amigo. Quem quiser ler e curtir consigo tem liberdade total. Divirta-se.

Anónimo disse...

"Oh anónimo. Não há censura nenhuma. Se houvesse você receberia a informação de que o comentário ficaria pendente de aprovação."

Isso sei eu, é so a mentalidade estapafurdia do “coronel Corado”

“Rio d’Oiro, há uma solução para este ‘perigo’, e a solução é-nos dada pela sempre ditosa esquerda. Há que reconhecer que em questão de censura a esquerda funciona bem melhor que a direita...

Para comentar no Arrastão é preciso passar este filtro:
Para comentar no Jugular é preciso passar este:”

E por ai fora, de resto divirto-me a vontade sem vomitos, esses é norma da casa, mas isto é divirtido.

RioD'oiro disse...

"Isso sei eu, é so a mentalidade estapafurdia do “coronel Corado”"

O anónimo compra, certamente, todas as manhãs, a colecção completa de revistas cor-de-rosa.

Já não fala de coisas, já não fala de quem fala de coisas, fala de quem fala de quem fala de coisas ...

Anónimo disse...

"Já não fala de coisas, já não fala de quem fala de coisas, fala de quem fala de quem fala de coisas ..."

Exacto, continuo a divirtir-me e voce a fazer de palhaço, so estou a espera do proximo numero.
Esta a ver como voce esta imbuido no espirito do blogue.

Anónimo disse...

Falta o azeiteiro,ou o não ha cú que aguente, é uma questão de tempo.

Desculpe lá mas eu não os posso levar a sério, Jamais.

Carmo da Rosa disse...

RioD’oiro disse: ”Há lá coisa mais fácil que ser niilista? Basta defender o que seja mais absurdo e da forma mais absurda.”

Há, dar a vida! E para isso esta malta é demasiadamente cobarde e mimada…

RioD’oiro disse: ”A anedota é boa mas parece-me que há aí um problema de matemática: já morreram dois..”

Mas só um de bala! Bem, estou a tentar salvar a anedota da Nausicaa…

@ anónimo-que-é-sempre-o-mesmo-disse: ”Mas quem se estava a referir ao sem maneiras valha-me deus,”

Mas você alguma vez se referiu a alguma coisa? O seu único intuito é insultar e chatear quem está em mau português, e fá-lo, repito, porque se esconde atrás do anonimato, de outra forma baixava a mona e calava a caixa que era um mimo…

Pelos vistos esta doeu, porque o prezado anónimo guardou religiosamente este meu texto:

Quando o padre viu na igreja o traseiro da mãe deste último filósofo-anónimo exclamou: mas que bilha cósmica! E foi precisamente nesse momento que o pobre sacerdote se deu conta da dualidade da Igreja: o celibato e a fraqueza da carne.

Era mesmo essa a intenção, dar a doer. É que eu gosto muito de pessoas polidas e bem educadas, mas nunca disse que eu próprio era um exemplo de boa educação… Se não me picarem consigo aguentar aí……….uma semana nas calmas sem insultar alguém – nada mau, penso eu de que!

Já passou uma semana.

Então caro anónimo, mas não era a sua mãe que tinha morrido de cancro? E foi o mesmo padre que lhe conferiu a Santa Unção?

RioD’oiro disse: ” Oh anónimo. Não há censura nenhuma. Se houvesse você receberia a informação de que o comentário ficaria pendente de aprovação.”

Rio, o bacano não percebe mesmo, não há maneira. Há, com um pau… Ou então, estou a pensar numa coisa. Diga-me lá, você que é um barra em informática, ainda não há no mercado programas que possam desferir automaticamente uma descarga 220V no teclado deste anónimo, no momento em que ele estabelece uma ligação com o FIEL ?

Anónimo disse...

O rosalho é o maior a amandar bujardas. Espero que não demore uma semana. É engraçadote o ordinário.

Anónimo disse...

O homem é burro, imbecil, idiota, e nem se enxerga mostrando-lhe o espelho o que significa que é cego

A situação é a seguinte tipificada por um velho dito, quem não se da ao respeito, não merece ser respeitado. Cagam e cospem na própria casa, tentando ofender os comentadores, quando em qualquer discussão perdem argumentos e são levados ao tapete.

Anónimo disse...

Fazem novo post alusivo aos comentadores e com permissas ofensivas logo a cabeça. Por conseguinte toda gente caga na vossa casa, e como o ambiente esta a ficar conspurcado é melhor ter cuidados quanto a saúde.

E o azeiterio até se enxovalha nela depois de o terem mandado a .......

Anónimo disse...

Percebeu seu azeiteiro. Duvido o numero da inteligencia deste idiota, também é inferior a temperatura corporal. O azeiteiro chafurda.

Streetwarrior disse...

Anónimo, gosto de te ouvir a malhares nos Bloguers quando tens Razão...e muitas vezes a tens.
Mas agora não tens razão para estar a fazer isto...

Assim perde a graça.


Bem...deixa-me lá trazer humor á conversa.

Sócrates no seu melhor

O Outro Sócrates...o pensador,deve estar a roer-se de raiva por este verdadeiro artista Português ter o mesmo nome dele.
http://www.youtube.com/watch?v=qbAaHcPnet8&feature=related

A este é que ninguém o leva a Serio.

Nuno

Anónimo disse...

Streat warrior é porque voce não conhece este, quantos são quantos são como eu, aqui do blog, é a pessoa mais ordinária com quem eu ja troquei algumas ideias por isso pus logo de lado e mais, foi a unica pessoa aqui que fez censura aos meus comentários,ja la vai uns anos proibiu de comentar, como anonimo,claro que eu podia contornar essa situação e comentar com nomes de contas mas para que dar-lhe esse prazer. A treta dele e sempre os anónimos, esta sempre com os anónimos na boca. que quer ja leu o comentario dele

"e fá-lo, repito, porque se esconde atrás do anonimato, de outra forma baixava a mona e calava a caixa que era um mimo…"

E se eu lhe disser que sou um peso pesado tenho 1,95 100 kg e me chamo Antero da Costa, satisfaz este azeiteiro.

Para mim ja chega que chafurde a vontade.

Anónimo disse...

Porra, deixem-se de tretas e combinem lá a luta. Não se esqueçam de pedir ao doiralho para depois postar aqui o vídeo.

Carmo da Rosa disse...

Anónimo-de-1,95m-por-100-kg-de-peso disse: ”blogs sérios não são ofensivos”

Baixe um pouco a cabeça, de outra forma, com o seu 1,95 m, mais uma vez não vai ouvir o que lhe vou dizer:

Os blogs não são ofensivos porque CENSURAM. Porque se você, como é seu costume diário no FIEL, começar inalteravelmente todos os seus comentários com “este idiota é burro; este imbecil não percebe que; ó seu estúpido”, eles tiram-lhe imediatamente o pio – até por muito menos lho tiram…

E nos tais blogues a que eu me referi, além de reservarem o direito de admissão, você é obrigado a deixar o seu endereço electrónico se quer comentar. E eu, ao contrário do que você diz sem qualquer prova - mas você diz tanta coisa! - sou contra todo o tipo de censura, mas sou realmente a favor desta medida: obrigar as pessoas a assinarem com o nome (ou um nick) e deixar o e-mail. Isto é o suficiente para acalmar certas pessoas. Digamos que tem uma função didáctica sobre 80% dos comentadores. Como por encanto tornam-se um pouco mais educados em casa dos outros. O suficiente para não serem chatos. O suficiente para evitar que potenciais novos comentadores não se sintam intimidados por estes comentários tão agressivos e insultuosos.

Não é por mim. A mim você não consegue insultar, só chatear. E porquê? Porque não tenho os seus 100 kg de peneiras, quando não percebo algo simplesmente pergunto. Quando um comentador me diz que estou errado (com argumentos e não com insultos), sou o primeiro a dar o braço a torcer – não me custa absolutamente nada, apesar de usar o meu nome…

Caro anónimo, resumindo e concluindo, de aqui para o futuro a única coisa que lhe peço encarecidamente – à parte do nick claro, para não o confundir com outros anónimos bem mais modestos - é que comece os seus comentários de outra forma, mais positiva. Desta forma por exemplo: ”não estou de acordo com o que o Rio - ou Gonsalo, ou Carmo, ou seja-quem-for – aqui afirma, porque penso que a coisa é assim ou assada.”

Não creio que esteja a pedir muito! Não quero que mude de opinião, apenas que não ponha os pés em cima da mesa ou cuspa para o chão em casa dos outros!

Anónimo disse...

Deu-lhe um ataque de polimento, foi? Ou armou-se agora em anjinho?

anonimo@anonimo.com

Anónimo disse...

Com o seu Q, I, nem percebe que esta com os pes em cima da mesa. Vá a merda seu estupido, não quero conversas consigo, embora como anonimo me sujeite as suas alarvidades por escrever como anonimo, coisa que voce nem consegue identificar nas pessoas o modo como escrevem.

Seu nabo,e burro, quer um endereço de correio electronico

salazar@hotmail.com

Vai ver se passa ou não, e por ai fora. o senhor é um censor e tem a mentalidade de um cabeça rapada.

entendeu seu azeiteiro va a ......

É a consideração que me merece e pode crer que ja saturei.

Carmo da Rosa disse...

Bem, deste já me livrei, não quer conversas comigo! Vamos lá ver quem será o próximo...

Anónimo disse...

Oh querido rosinha, eu vou querer eternamente. Adoro-te. És o meu guru, querido.

RioD'oiro disse...

CdR:

"Mas só um de bala! Bem, estou a tentar salvar a anedota da Nausicaa…"

Aí está: uma causa justa.

Anónimo disse...

"Para comentar no Arrastão"

essa é tão patética como o lagarto chamar burro ao anónimo. clarividências.

mas então o "arrastão" alguma vez foi grosseiro, boçal, ordinário nos posts ou nas respostas aos comentadores? e basta percorrer este blog de fio a pavio para se ver que apenas ultimamente começaram a provar do mesmo remédio que há muito andavam a pedir. pediu, levou.

e não apreciam? ah, pois não, mas é um bocadinho tarde, não acha?
todos os blogs que assentam na grosseria e má educação acabam assim, no meio das maior peixeirada.
temos pena.

Carmo da Rosa disse...

"mas então o "arrastão" alguma vez foi grosseiro,"

CARALHO, pense antes de escrever!

Não precisam de ser grosseiros porque censuram! Os motivos para (eventualmente) serem grosseiros são retirados à entrada...

Anónimo disse...

O ilustre sofre do síndroma da Gávea, é?

Anónimo disse...

O seu ignobil, leia os posts do arrastão a ver se encontra nos psots os termos que voces usam nos vossos posts e que alguém pos ai mais acima, bem demonstrativos da vossa linguagem insultuosa. Não encontra noutro blog garanto-lhe.

Anónimo disse...

"Não precisam de ser grosseiros porque censuram! Os motivos para (eventualmente) serem grosseiros são retirados à entrada..."

não tem mesmo um pingo de vergonha, pois não? lol!!!! basta fazer browsing neste blog para se apreciar o registo de boa educação por aqui.

toda a gente se lembra do "arrastão" antes da moderação dos comentários, o daniel é e sempre foi um homem correcto e educado. e até convosco ele se portou sempre bem, nomeadamente com esse que agora se apresenta como óscar, que aparece por lá a largar as mesmas bojardas e grosserias com que encheu este blog.
é só perder algum tempo a pesquisar e ler ambos os blogs, por isso pare de espernear. agora aguentem o remédio que espalharam.

e façam isso, moderem os comentários, para continuarem os únicos com o privilégio da boçalidade e má educação. ficam a falar sozinhos, pode ter a certeza, agora ainda são procurados para a chacota, depois nem para isso.

Anónimo disse...

Mas isso enchia-lhes o Ego de satisfação. Passavam a postar apenas elogios mútuos. É só acabarem com as caixas de comentários.

Nausícaa, São Paulo, Brasil disse...

Queridos não há o que e como salvar, pois até o desgraçado do empresário deles já foi para o inferno,

Realmente, faltam dois -Ringo e Paul. Portanto, eu deveria ter dito: dois disparos, a ver se economizava-se tantos disparates nos comentários.

Tudo em vão.

Nestes dias, eu foquei minha atenção na leitura do livro de Malachi Martin sobre os Jesuítas, o que provocou uma tristeza profunda. Vejamos se nosso Papa retoma o uso da Tiara e as rédeas de seu rebanho.

A vossos olhos, é melhor eu tentar outras piaditas por aqui, não é?

Anónimo disse...

É é. conhece aquela

Estavam dois brasileiros muito admirados a olhar para o coliseu de Roma :
- Nossa ! Já viu qui coisa maisss linda ?
- É meismo, cara! Imagina só quando estiver acabado ...

Carmo da Rosa disse...

@ anónimo-sempre-o-mesmo: ”o daniel é e sempre foi um homem correcto e educado.”

Eu sou correcto mas não sou educado. Você nem uma coisa nem outra, e ainda por cima é anónimo, é preciso ter azar! já para não abordar a questão do padre e da sua mãe…

Anónimo disse...

Este também é TS. Trampa é coisa que não lhe falta na mioleira.

Nausícaa, São Paulo, Brasil disse...

Caríssimos Fiéis Inimigos,

Tudo se explica, mesmo tader, ou mais tarde ainda!

Já no título "Sobre a árvore genealógica de Tiririca", Joaquim Simões matou a cobra e mostrou-a mortinha.

Eu penso ser o gene mouro a correr-lhes no sangue e irrigar o cérebro.

Anónimo disse...

E então acabaram-se as anedotas

Um brasileiro vai a um concurso de televisăo. Diz o apresentador:
(ler com sotaque brasileiro)
- Primeira pergunta. Como se chama o autor que escreveuuu Hamelete?
- errrr... hhmmmmmmm......
- Despacha cara, olha que o tempo expira.
- sei que espira...
- Muuuuuiiiitttooo bem.... Shakespeare!...
E agora a segunda pergunta.... qual o nome do pintor de Mona Lisa?
- err....... hmmmmm.... err......
- Já só faltam quize segundosss!
- Năo!!! Ó cara, Da vinte!
- Da Vintchi.... muito beeemmm!!!! E agora a última. Qual o nome do marido da Eva?
- errr... essa é díficil.... hmmmmm... aquele do paraíso, năo é?
- esse mesmo, olha que hoje nos tamo dando um baita dum carrăo!
- ha dăo?
- CEEERRRRRTOOOO!!!!!!!

Anónimo disse...

O rosinha activou a censura

Streetwarrior disse...

Não acredito que activaram a censura...

Nuno

Anónimo disse...

Ah não ora tente comentar como anónimo. voce saiu-me ca um guerreiro.
Vale que eu ja estava farto disto e desta burrice.

sr.anónimo disse...

é verdade. tanta basófia ...

Carmo da Rosa disse...

"O rosinha activou a censura"

Que raio, a censura não funciona! A partir de agora vai ser enviar para o Gulag...

Streetwarrior disse...

Anónimo disse...

" Vale que eu ja estava farto disto e desta burrice.""

De qual? ..De comentar como Anónimo ou como...anonimo?
...Ao menos assim já sei que me estarei a dirigir ao anonimo.

Nuno

Streetwarrior disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

"Ao menos assim já sei que me estarei a dirigir ao anonimo."

Ah sim ora, qual anonimo?

Streetwarrior disse...

anonimo disse
"Ah sim ora, qual anonimo?
Não sei,veja lá quantos anonimos há e depois conte os An( ó )nimos?

Hellloooooo

Anónimo disse...

Este street vai ser um bombo.

sr.anónimo disse...

"Este street vai ser um bombo."

sem dúvida, o burralho não perdoa. basta ler exemplos que estão para trás. o óscar começa com pezinhos de lã mas perde rapidamente a tramontana e a compostura. outros nem se dão ao trabalho de serem educados.
mas deixa arder enquanto há entusiasmo.

Anónimo disse...

E aquela do brasileiro:

Uma vez um homem com sida desviou um aviăo e ameaçava injectar toda a gente no aviăo se năo lhe fizessem as vontades.
Todos estavam cheios de medo, mas um brasileiro levantou-se e lutou com o pirata, tal como o Chuck Norris, e acabou com ele.
Infelizmente ainda levou com algumas "seringadas".
Toda a gente lhe agradeceu mas logo lhe perguntaram porque é que ele năo tinha medo de ficar com sida.
Mas ele respondeu "Eu nunca podia ficar infectado porque estou usando preservativo".